sexta-feira, 17 de abril de 2009

ÁGUA, FRUTOS E LIÇÕES

A palmeira buriti e seus cachos inspiram uma manhã de sentimentos estranhos. 

A presença do buriti é um indicativo infalível da existência de água. Ele emoldura veredas, riachos, cachoeiras. Está inserido nos brejos e nascentes. Dele se aproveita tudo, indo de alimento a produção de artesanato. De cosméticos a mobiliário.

Fibras leves, porém fortes. Leveza para ser maleável, trabalhado de acordo com o que a população que dele depende precisa para sobreviver. Forte pelos mesmos motivos, mantendo-se confiável e abundante.

Dele podemos tirar uma lição: generoso em frutos, espalha-os sempre usando as águas a sua volta para dispersar, por onde elas passam, a espécie.

Enquanto houver uma palmeira de pé e um veio d'água para conduzir um fruto, o que o buriti tem de melhor continuará a se esparramar. Para o bem de todos.

Salve sexta-feira. Que as águas conduzam os frutos do que já foi plantado. E que os guerreiros se voltem para o bom combate, sem deixar se abater por muito tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário