terça-feira, 14 de abril de 2009

ONDE QUERO CHEGAR

Eu já sei onde quero chegar. Vou para todos os lugares, nem me importa a distância. Sei que vou. Não agora, mas eu vou.

E quando eu chegar sei sobre o que vou falar. Sei com que cara vou falar. Sei até o peso da luva de veludo e qual o perfume do veneno.

Alvos não estão em falta. É questão de timing. 

Enquanto isso, apenas ocupo espaço, já que preciso ocupar a mente e distrair as letras.

E isso, não é uma ameaça. É uma promessa...

Sem comentários:

Enviar um comentário