terça-feira, 7 de abril de 2009

UMA NAÇÃO PRA ESPANTAR A SOLIDÃO




Na fronteira de um oásis 
meu coração em paz, se abalou 
É surpresa demais que trazes 
'Inda bem que eu sou Flamengo 
Mesmo quando ele não vai bem 
Algo me diz em rubro-negro 
Que o sofrimento leva além 
Não existe amor sem medo

Sem comentários:

Enviar um comentário