sexta-feira, 29 de maio de 2009

MINHA VIDA, UM OFERECIMENTO...

Violão Vadio, no meu iTunes. Com o tudodebom Diogo Nogueira. Desconfio que esse moço não existe. Ninguém pode ter uma voz de camurça como a dele, sendo tão bonito, sexy, inteligente, educado e charmoso como ele é. Sei não. Desconfio que ele não existe de verdade. Tenho os Cd's dele, tenho DVD do show, mas ainda não acredito que ele não foi feito por computador, por alguma programadora genial (se foi por um programador, o cara é gay). Ninguém pode ser tão perfeito assim e simplesmente, existir.

VIOLÃO VADIO

Novamente juntos eu e o violão 

Vagando devagar, por vagar 

Cantando uma canção qualquer, só por cantar 

Mercê da solidão 

Vadiando em vão por aí 

Nós vamos seguir, 

Outra rua, outro bar, outro amigo, outra mão 

Qualquer companheira, qualquer direção 

Até chegar em qualquer lugar 

Qualquer que seja a morte a esperar 

Jamais meu violão me abandonará 

Se eu vivi, foi inútil viver 

Já mais nada me resta saber 

Quero ouvir meu violão gemer 

Até me serenizar


Sem comentários:

Enviar um comentário