terça-feira, 9 de junho de 2009

AO CAIR DA NOITE

"E o negro e pesado fardo da terra perdeu-se na morte.
O alto Olimpo recebe-o com harmoniosa saudação,
Trazendo-o ao salão onde seu pai adorado reina,
Enquanto a deusa da juventude, corando ao encontrá-lo,
Oferece néctar ao seu senhor."
(Schiller, em Ideal e Vida)

Sem comentários:

Enviar um comentário