sexta-feira, 5 de junho de 2009

CADA UM NO SEU OBAMA





É Yes we can pra cá, cada um no seu quadrado pra lá. E como cada um tem o Obama que merece, ganhei o meu. Cada qual com seu cada qual, tem agora um Obama-com-Michelle só pra mim. Tô podendo! (até o fim deste post eu bato o recorde de frases feitas).

Parece também que nunca antes nestepaíz se viu tanta interação 'entreblogues'. Marca de uma era. Pelo menos, para mim, nunca antes de uns três meses atrás, esclarecendo. Porque foi quando comecei com esse pequeno diário virtual. Que um dia, quem sabe, vai tomar jeito e eu poderei até contar aos amigos que tenho um também. (desconfio que alguns inimigos já sabem, pt saudações).

Anyway, de volta `a parte que me cabe nesse latifúndio, estamos em processo de troca virtual. Um por causa das citações e fotos. Outro, tenho certeza, foi por causa do melhor e maior time do mundo, o Clube de Regatas Flamengo.

Resultado, ganhei meu Obama [toda metida mode on]. Tá lá, com a sua poderosa Michelle, (que vamos combinar, ela é o máximo mesmo) no Correio da Lapa. Link aí na lista de Cheers. Porque sempre tem um brinde para quem eu gosto.

E pra não dizer que não falei das flores:

"Seu veneno é como um neném que se embala pensando que se faz um bem. Seu veneno é o meu neném também. E nesse embalo, me ganha, até me mata, mas não me engana. E assim vou vivendo com o seu veneno, a tudo dá-se um jeito, vou me envolvendo com a sua astúcia do bem. Seu veneno não engana quem não o teme, seu veneno engana somente o engodo, e se alguma coisa divina existe em mim, no nosso veludo acima da suavidade do gozo, é o silêncio de quem, não sendo bobo, se sabe de bem com a loba e descansa ao seu ladinho." (Texto by Alfredo Herkenhoff)


Será que consigo um jeito de mandar isso pra Michelle e pro Obama? Bom, se pelo menos o Loooola e sua muda Marisa vissem já estava bom. Iam se matar de inveja...[metida a besta mode on].


Não errei, não. Até parece que depois de uma dessa eu iria entrar em mode off.




Sem comentários:

Enviar um comentário