sexta-feira, 26 de junho de 2009

PORQUE HOJE É SEXTA-FEIRA

O mundo ontem entardeceu e dormiu sob o impacto da morte repentina de Michael Jackson. É (mesmo morto a obra e o mito permanecem) o maior astro pop de todos os tempos. Não deixa sucessor, no aspecto artístico. Duvido que surja outro com o impacto que Michael causou, tanto nos bons e irretocáveis tempos da Motown do soul cadenciado no seu vocal infantil mas poderoso e afinadíssimo, quanto depois, em carreira solo, com sua estética de brilho ofuscante e dança genial. Duvido que surja outro com uma inovação musical tão apurada quanto a dele, nos tempos de Quicy Jones, onde ele gravava cada backing vocal separado, cuidadosamente, o que dava (ainda dá) um trabalho imenso no estúdio, mas dá uma qualidade incrível à musica.

Lamento a morte, a perda do ícone que, numa fase absolutamente derrotada de sua vida, se foi repentinamente, sem seus 50 shows de encerramento de carreira, que certamente marcariam novamente sua obra.

Porque hoje é sexta feira e porque vídeos de MJ espoucam como água, vai a luz de Candeeiro. Pra Michael, pra nós.



Sem comentários:

Enviar um comentário