terça-feira, 7 de julho de 2009

AQUI TEM UM BANDO DE LÔCO


Mas só sendo um "bandodelôco" mesmo. Bando de loucos, todos aqueles que acham normal um presidente da República levantar parceria (pública as claras ou pública as escondidas) com empreiteiras para construção de Centro de Treinamento de time de futebol. E time de futebol que de pobrinho não tem nada, posto que se trata do Corinthians, o Timão.

Mas só sendo um "bandodelôco" mesmo pra não levantar nenhuma suspeita de que por trás desse negócio que já rola há tempos (e há tempos estava na moita) não tem um trocatroca profundo de interesses mais que escusos e particulares aí. Nada de público não.

Não, nadica contra, por parte desta rubronegra convicta e fanática que vos fala, o Timão do Parque São Jorge. Acho até quase simpatiquinho, só passei a não ligar muito pra ele exatamente por causa do Looola. O meu sexto sentido, sempre muito exacerbado, já me dizia que tanta referência do Looola, o Looonático ao seu time de coração não era só coração.

ERA COMPROMISSO COM A DIRETORIA, PARA REFORÇAR O MARKETING COM OS PATROCINADORES E EMPREITEIRAS.

Aí o maior ídolo do Corinthians da atualidade, e um dos maiores ídolos do futebol mundial, vai ao programa Bem, Amigos do Sportv, do Galvão Bueno e faz a sua inconfidência. Solta o segredo sem querer. Ronaldo ficou branco, quando percebeu o escorregão. Perdeu a cor em volta dos lábios. Galvão Bueno, aquela matraca mal educada que não para nunca de falar, emudeceu. Ronaldo conseguiu calar Galvão - só por alguns segundos, é verdade - que ficou desconcertado.

A mim, só me resta cantar. Como se estivesse no Pacaembu (visto que o Corinthians AINDA não tem seu estádio):

Aqui tem um bando de lôcos. Eu canto até ficar rôco...

LOOOLA, favor implodir. IMPLODIR. Porque se explodir, espalha.

Sem comentários:

Enviar um comentário