quarta-feira, 3 de março de 2010

LULA, A DITADURA PETISTA E TANCREDO NEVES



Uma das mais gritantes caracteríscas do PT, depois da invenção institucionalizada do mensalão, é a falsa democracia. Todas aquelas balelas que a esquerdopatia festiva adora: fóruns, encontros, seminários, essas coisas que eles vivem fazendo, tudo falso. Abrem um monte de discussões mas as decisões - com a visão e o favorecimento de um mínimo de pessoas de sua cúpula - já estão tomadas.

Como democracia não é ingrediente que faz parte da receita do bolo petista, o PT sempre tomou, baseado no favorecimento de seu próprio umbigo, decisões estranhíssimas do ponto de vista do que é melhor para o Brasil.

Eis que no Colégio Eleitoral em 1985, o PT do Lula, da Dilma Que Mente e do José Mensalão Dirceu, o partidinho recusou-se a votar em Tancredo Neves. Determinou que seus representantes não fossem à votação. Só isso já diz muito. Mas muito. Mas muito mesmo sobre essa gente.

Entretanto, esse muito ainda diz pouco. Os deputados Aírton Soares, José Eudes e Beth Mendes, esses sim, em nome da democracia, se recusaram a participar da armação petista e votaram a favor de Tancredo Neves na histórica sessão de 15 de janeiro. Resultado: o PT os expulsou do partido.

Tudo isso eu relembro apenas para perguntar:

Seu Looola, Dona Dilma que Mente, seu Zé Mensalão Dirceu e outros que tais do partidinho, terão a CARA DE PAU que lhes é peculiar de participar das homenagens ao centenário de nascimento de Tancredo Neves?

Eu não duvido nada. Vão.

Munidos de muito lustra móveis, Óleo de Peroba, e até mesmo um bom verniz marítimo de alto brilho. E um bando de puxa-sacos com pincel e flanelinha na mão, para encerar bem.

(foto - veja.abril.com)

Atualizando: até agora, 13:25, nenhuma viv'alma petista deu as caras na Sessão Solene, no Congresso. Sei. Fosse eu outra, e não euzinha, que os conheço muito bem, ficaria até com medo desse aparente surto de vergonha na cara. Mas sei que não é bem durável.
Aguardo, ansiosa, a parte mineira das comemorações, amanhã.

2 comentários:

  1. Velvet, excelente artigo! Muito bem lembrada a recusa em restituir o país aos trilhos da democracia e a reiterada prática de expulsar do partido quem se afasta de decisões que entende erradas. Lembra quem era o presidente de honra do, digamos, partidinho? Pois é, elle mesmo.
    Concordo, também, que a ausência na sessão solene não se deve a um súbito surto de vergonha na cara. Essa, digamos, gente, não sabe o que é isso.
    Beijos, Velvet!
    Cuidadosa

    ResponderEliminar
  2. Email, pauloluiz41@hotmail.com

    Cuidado com a ditadura petista.

    Falei antes para terem cuidado em manter sempre no poder o mesmo partido, é perigoso, todo democrata deve saber disso, eu avisei o Lula governou 8 anos a Dilma entra fica somente 4 anos, porque só 4 anos, porque o lula já esta em campanha declarada, vamos torcer para que esta atitude do Lula inicie uma briga entre eles, assim divergindo eles se enfraquecem e quem ira ganhar é o povo Brasileiro, estará fugindo de vez de uma ditadura.
    Paulo Luiz Mendonça,

    ResponderEliminar