quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O PREÇO DE UMA ESCOLHA

(Texto escrito e enviado a este blog por @_Lunarscape
O debate está aberto. Leia, comente, dê sua opinião.)



A eleição presidencial brasileira de 2010 trouxe à tona problemas que terão que ser contornados a curto/médio prazo, pela oposição, caso esta queira existir. Quais problemas? Muitos, respondo. 

Ficou claro que o brasileiro optou pela economia e pelo “Ta bom pra mim – Não vou trocar”. Para confirmar o acima, basta analisar os dados do município de Duque de Caxias; colégio eleitoral de 590 mil eleitores com a vasta maioria dentro da faixa de Classe Média baixa, prefeitura do PSDB. Dão 73% da votação para o PT/PMDB. Expressivo esse dado onde podemos dizer que o PSDB local apesar de comandar, não impediu a votação maciça da “candidata”. Existem centenas de prefeituras onde o fenômeno se repetiu.

Assim a economia forte elegeu uma pessoa que nunca havia passado por uma eleição. Pior, derrotando um candidato experimentadíssimo em termos de urnas. Essa economia “forte” tem problemas sérios a serem resolvidos; câmbio, dívida externa de curto prazo, dívida interna monstruosa, juros extorsivos e uma máquina governamental inchada. Esses pontos não foram exploradas o suficiente pelo marqueting do PSDB. Pois deveria ter sido.

O câmbio atual está matando o setor exportador, nossos produtos estão caros demais e a Ásia leva uma enorme vantagem sobre os nossos indefesos produtores/exportadores. Pelo volume excessivo de dinheiro de investidores estrangeiros e a elevada remuneração desse dinheiro, que não se reverte em benefícios de infra-estruruta nacional, criamos uma dívida interna nunca antes vista: 2 trilhões de Reais! A "conta" tá pendurada no armazém e parece que não vem ninguém para pagar.

A lorota de ter pago a dívida externa também não ficou clara para o eleitor pouco informado. A estratégia da propaganda eleitoral do PSDB simplesmente não atingiu esse segmento da forma correta. Pois para o “povão” o Lula pagou a dívida externa e ainda emprestou dinheiro para o FMI. 

O que custava o PSDB reservar um tempo na programação para explicar o custo da máquina estatal inchada com 200 mil cargos sem concurso? Em 8 anos o lulismo criou uma capa de “gordura” em torno da manutensão do Status Quo onde o funcionalismo público atua como “tropa de choque” do governo. O que custava o Serra gastar um bom tempo com os funcionários concursados, explicando que os 8 anos de arrocho do FHC não iriam acontecer caso o PSDB vencesse as eleições?

O preço da escolha, hoje, é incalculável. Estamos diante de um imenso desconhecido onde é impossível projetar tendências, embora os piores prognósticos podem mais facilmente se confirmar. Infelizmente. Para os 44 milhões de votantes do não à Dilma, paira sobre as nossas cabeças a implantação plena do PNDH3  com todas as letras. Controle social da mídia, censura, intervenção na internet (restrição de acesso à IPs), taxação de fortunas pessoais, e arrocho tributário, invasões de terras com incentivo de um governo aparelhado e omisso na questão. Oportunamente será introduzido, de forma lenta e gradual, a “venezuelização” do pais. Mas isso numa etapa posterior. O PT ainda tem que resolver o problema que é São Paulo!

O Fato agora é que 70% do PIB nacional está com a oposição, 35 milhões não votaram, e 44 milhões votaram na oposição. Que a oposição agora se comporte como tal e que aprenda a dialogar diretamente com o "povão".

19 comentários:

  1. Seja bem vindo, Lunar. Obrigada por enviar seu texto. Vamos ao debate!

    ResponderEliminar
  2. Lunar,

    Campanha é "comunicação de intenções". O PSDB nunca foi bom de "povão". Ganhou com FHC pelo Real e a reeleição porque cometeu um estelionato eleitoral ao não desvalorizar o dolar.

    A oposição ao Lulismo requer um candidato acima da média. Com discurso de fácil e retidão moral inatacavel!

    Será Aécio? Fala bem mas a ética...

    Alckmin? Ético mas a comunicação...

    Serra foi ruim nos 2 quesitos.

    Tá dificil!!!!

    ResponderEliminar
  3. E por que tem que ser do PSDB? Buscando com lupa pode-se achar outro quadro que seja mais forte nos dois e em outros quesitos.
    Não ouso sugerir, mas ajudo a procurar.

    ResponderEliminar
  4. Ajuricaba, é natural, logo depois de uma campanha eleitoral como o que vivemos, que surjam essas questões. Em 2002, a internet era um luxo - e um grande mistério para a maioria. Em 2006, já havia bastante debate. Mas como agora, não. Participamos muito mais, e isso deixa seus efeitos em nós.

    Sou vacinada, vivo esse processo há pelo menos 19 anos. Nesse ponto, discordo dos amigos: o tempo, agora, é de balanço - para os partidos. Para nós, eleitores, cidadãos, gente interessada, o tempo é de seguir com o debate. Mas de temas, e não de candidatos. É cedo para isso. A ciência política tem suas variáveis. E muita água rolará pela ponte do governo Dilma. Ô, se rolará.

    ResponderEliminar
  5. Procurar uma liderança politica de concenso, no meio dos "destroços" da derrota não é algo inteligente para se fazer agora.
    Para mim o PSDB teria que fazer uma auto analise, aceitar as criticas e ai sim traçar metas para o futuro proximo.
    Ze Carlos; Aécio tem teto politico e um processo de agressão á uma mulher !
    O Alkmin tem o Teto Politico restrito á São Paulo e o Serra, bem o Serra já provou que teimosia não ganha eleição. Isso é o que posso falar do PSDB, mas a oposição não fica restrita ao PSDB.
    Ajuricaba ; No DEM tem gente "ficha limpa" e de discurso bom, falta "lapidar" e preparar.
    Mas como eu disse, é hora de unir a oposição e deixar os egos desinsuflarem para combater a Cubanização do pais. E para isso vai ser preciso muita energia.

    Velvet, super obrigado pela acolhida.

    Lunarscape !

    ResponderEliminar
  6. Ajuricaba,

    Sendo Marineiro concordo com sua posição. O problema q nossa midia acha mais comodo ter apenas 2 partidos fortes.

    Deve ser saudade da ditadura.

    ResponderEliminar
  7. Ze Carlos, se a Midia estivesse com saudades da Ditadura, o Lula e mais uns 40-50 já estariam atrás das grades e o ACM Neto provávelmente seria presidente !
    A Midia já teria aberto o cofre com aquele "prontuário" da Dilma, cujo conteúdo jamais conheceremos !
    Só para esclarecer: Não sou afiliado a nenhum partido, nunca fui. Tenho 53 anos e desses sou médico há 23 anos e trabalho no SUS !

    Lunarscape

    ResponderEliminar
  8. Isso de complô da mídia com saudades da ditadura é uma das maiores falácias inventadas pela esquerdopatia. Doença e grave.

    ResponderEliminar
  9. Velvet Poison

    Arena x MDB é diferente de PT x PSDB que inssistem em criar?

    Com a ajuda do Lula e FHC?

    Não se trata de esquerda e direita. Trata-se de nós contra eles.

    Precisamos de uns 6 partidos fortes. SÓ!!!!!

    Estes 32 tambem são um exagero!

    ResponderEliminar
  10. marcia190704/11/10, 16:30

    gente, este blog tá mais que "chic no último".
    isto que é volta com tudo!
    e o texto do lunar foi na veia!
    espero que os tucanos façam um cursinho intensivo com os republicanos norte-americanos para aprender o que é ser oposição.

    ResponderEliminar
  11. Marcinha, quando você vai mandar o seu artigo? Aqui não tem Puxadinho. A casa toda é sua!

    ResponderEliminar
  12. marcia190704/11/10, 17:58

    kkkkkkkkkkk
    vou pensar num bom tema!

    ResponderEliminar
  13. Não sabia que o Lunar era bom na escrita!!!!
    Gostei do texto!
    Quanto ao quesito economia, estamos ferrados, com as medidas econômicas tomadas pelos EU. Agora é que faço questão de ver o "bilhete premiado" da Dilma render dinheiro.

    ResponderEliminar
  14. Esqueci de dizer que o blog está um looxo! Bjs

    ResponderEliminar
  15. JotaCe201004/11/10, 21:36

    Seguindo orientações da alta cúpula, como sou virtual, passei aqui para dar palpites. Pronto. Palpitei. O artigo está ótimo,

    ResponderEliminar
  16. JotaCe, tem que vir sempre, viu?

    Blues, vamos cobrar esse "bilhete premiado" todo dia. Em qual lotérica será que distribuem, heim?

    ResponderEliminar
  17. Velve,tb gostei mto do texto do Lunar! Ele é antenado e bem articulado! E,
    tem uma coisa melhor ainda: é nosso amigo! é do nosso grupo!

    Bem,mas voltando ao texto político, eu estou c/ vc!Acho que a defunta oposição ainda é um defunto fresco! Não devemos ainda ficar escolhendo líderes!

    Temos sim que ter planos, metas, e,principalmente UNIÃO! Temos que traçar metas e ficarmos coesos em torno delas!

    Prá que ficarmos procurando líderes agora, se nenhum de nós sabe se estará vivo amanhã!!!

    Primeiro temos que escolher aonde chegar;
    Depois temos que escolher a estrada;
    Depois temos que pavimentá-la, e finalmente,
    temos que escolher como é que chegaremos lá!

    Nesse ínterim, aparecerá o melhor condutor,que vai nos levar ao objetivo!

    Acho que é por aí; ainda estamos lambendo as nossas feridas, e é melhor não ficarmos jogando culpas sem mais nem menos e pensarmos adiante!

    Bjão a vc!
    O blog está uma delícia! Parabéns!

    ResponderEliminar
  18. Tô impressionado com o feed back do meu primeiro artigo aqui. Legal demais :)
    Outros virão

    Abraços

    Lunarscape.

    ResponderEliminar
  19. Zinha, obrigada por vir e comentar. Quero vê-la aqui, sempre.

    ResponderEliminar