terça-feira, 4 de janeiro de 2011

BOM DIA, ESTADO

O estado não acordou. A posse do novo tipo de anão parasita que o governa, mesmo sendo irmão do anterior - uma espécie de Caim, se o governo anterior fosse um Abel - fez com que o estado preferisse mergulhar num sono profundo. Faltam instituições que o faça acordar. Quantos de nós não ficaremos quietos, calados, inermes, diante desse governo que tomou para si o estado, a nação, o povo e com eles faz o que quer? Aliás, o que você quer? Descobrir e usar seus valores para reagir ao que virá ou dormir um sono profundo?
"Para viver, o homem precisa de três coisas como valores supremos e dominadores de sua vida: razão, determinação e amor-próprio. Razão, seu único instrumento para adquirir conhecimento; determinação, sua escolha da felicidade que esse instrumento busca realizar; amor-próprio, sua certeza inabalável de que sua mente tem competência para pensar e sua pessoa merece a felicidade, ou seja: merece viver. Esses três valores implicam e requerem todas as virtudes do homem, e todas elas decorrem da relação entre existência e consciência: racionalidade, independência, integridade, honestidade, justiça, produtividade, orgulho." (Ayn Rand)

Sem comentários:

Enviar um comentário