segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

BOM DIA, ESTADO

Estado caro de sempre, pesado de sempre, inerte de sempre. Cujo anão parasita que o desgoverna, adotou uma prática  "perniciosa e ilegal: a divulgação sistemática de informações deturpadas, quando não absolutamente mentirosas, a respeito de realizações do poder público. São exemplos os malabarismos contábeis nas contas públicas para “bater” – sem precisar cravar o número de fato – as metas de superávit primário (economia que o governo se compromete a fazer para reduzir o endividamento público); os números distorcidos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC);  e a recente divulgação de estáticas erradas da geração de vagas formais no Brasil ".  Clique aqui para ler a íntegra. Para sentir vergonha da credibilidade destruída do Brasil, no exterior.


"Essa equipe econômica danificou a credibilidade e a transparência das contas públicas que várias gerações de governantes trabalharam para construir." (Maílson da Nóbrega)

1 comentário:

  1. marcia190724/01/11, 14:56

    o mesmo foi feito com o ministério da saúde que perdeu a credibilidade na questão de combate a dst/aids
    a do ministério das relações exteriores também foi para o chão.
    a "era da mediocridade" contaminou tudo.

    ResponderEliminar