terça-feira, 25 de janeiro de 2011

BOM DIA, ESTADO

Estado em que o desgoverno governa e a oposição desopõe. Estado do zero a zero. Menos para o cidadão, o impostuinte, que trabalha para pagar seus impostos, e o faz, mesmo tendo a certeza de que não haverá contrapartida de seu sócio expropriador. Estado onde o cidadão perde a capacidade de se orgulhar. Se há desgoverno, deveria haver, por óbvio, oposição forte. Sem ela, abrimos mão de princípios democráticos. Quando gritamos por ela, queremos respaldo para nosso desejo de ver o indivíduo ser respeitado, recuperar o orgulho de ser cidadão - eleitor - e o amor-próprio, que nos faz defender nossos direitos contra a sanha totalitarista, a incompetência administrativa e a indecência moral que grassa o desgoverno da República Popular do Chiqueiro.  

"Está pensando o que estou pensando, Pinky?" Quer responder ao Cérebro? Olha o espaço para comentários....

"Para conquistar [o mundo] é necessário romper totalmente com a doutrina segundo a qual o homem é um animal a ser oferecido em sacrifício, que existe para proporcionar prazer aos outros. Lutem pelo valor das próprias pessoas. Lutem pela virtude do seu orgulho. Lutem pela essência do homem: sua mente racional soberana. Lutem com a certeza radiante e a retidão absoluta de saber que a moralidade da vida é sua, que é sua a luta por toda realização, por todo valor, por toda grandeza, por toda bondade, por toda felicidade." (Ayn Rand)

1 comentário:

  1. Há horas em que a sessação de descaso brota fortemente, ao perceber que as senhoras e senhores representantes dos partidos ditos de oposição ignoram solenemente o que comenta de ponta a ponta desse país.
    Não enche uma mão aqueles que acodem aos berros de revolta de milhões de brasileiros que clamam por representantes oficiais de suas posições.
    Depois, às vésperas da pelejas eleitorais, correm a solicitar apoio e mobilização, para depois de passado o período, correrem a se acomodar em colinhos quentes de conchavos e acordos espúrios.
    Ódio resume.

    ResponderEliminar