quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

BOM DIA, ESTADO

Estado ideológico. Que não deseja sua identificação com a sociedade. Antes, quer estabelecer relação de dependência das instituições civis, como parte de seu aparato. Financia-as, para que essas sejam dependentes do apoio estatal. E quem financia o estado, para tanto, é o impostuinte, que tem cada vez mais dificuldade em identificar os limites do estado. Não localiza suas fronteiras. 

Toda sociedade contém as sementes para a sua própria destruição. Nossas sementes já foram plantadas. Tratamos de adubar a terra, que já é fértil. Elas brotam, nós regamos e as vemos crescer. E grandes, do tamanho do controle do estado pela República Popular do Chiqueiro, no comando de um país, a gente se lembra então que aquilo foi, um dia, só  semente. Aquela, que vai nos destruir. Bom dia, estado.

"A verdade dramática é a seguinte: trata-se de uma luta de amadores assoberbados contra profissionais metódicos. O PT deve rezar para que o destino não lhe pregue nenhuma peça. Dada a qualidade dos adversários, só pode ser vencido pelo inesperado. Esse tipo de oposicionista não representa risco nenhum! Como na outra fábula, a do sapo que carrega o escorpião nas costas, o aracnídeo ferroa o batráquio porque, mesmo sabendo que também vai morrer, não consegue conter a sua natureza." (Reinaldo Azevedo)

3 comentários:

  1. Eu conheço a história do escorpião e da pequena rã - é a representação da vida real.
    Abraços!
    Lilian

    ResponderEliminar
  2. A percepção global da situação atual do país não existe devido à baixa capacidade de seu povo em interpretar o que vem acontecendo ao longo dos últimos oito anos. Essa capacidade é diretamente proporcional ao nível de educação de cada brasileiro. Hoje temos uma massa, adulta, habilitada apenas para ser atendente de lojas de “fast food” ou caixa de lojas populares tipo Casa & Vídeo, onde até os produtos são de péssima procedência.
    O Brasil dançou desde o momento que o governo falso populista abandonou a prioridade básica de ensinar e passou a correr atrás de vagas para “excluídos”. O adolescente que em 2003 tinha quatorze anos, hoje está com vinte e dois anos e desempregado. No máximo subempregado e sem a menor perspectiva de estabilidade para resto de sua vida.
    Ensino básico é a chave do desenvolvimento de uma nação. O mercado de trabalho não admite incapazes. Mesmo que possuam diplomas adquiridos por “leis” que lhes permitam o ingresso privilegiado no ensino de terceiro grau.
    Infelizmente terminamos a primeira década do século vinte e um com uma população de analfabetos funcionais em que apenas 11% dos que conseguiram concluir o ensino médio sabem matemática, e 28,9% dominam a língua portuguesa. Até conseguem ler pequenos textos, mas interpretá-los fica difícil. Sinceramente, não tenho idéia como é que os outros setenta, oitenta por cento conseguem o certificado de conclusão.
    Aliás, particularizando, “esquerdopata” petistas adoram o alheio. São amigos do alheio, como se diz popularmente. Cobiçam as coisas fácies e dos outros, seja terra, seja dinheiro. De mérito próprio nada têm. Na cabeça deles você tem que dividir seu dinheiro, suas terras e seu conhecimento. Passaram a vida na flauta, não estudaram quando deveriam e agora querem o seu.
    Para ser bem sincero, não conheço a um que, independente de sua cor ou classe social, não tenha alcançado sucesso e estabilidade por ter se dedicado aos estudos e aos conhecimentos em sua juventude. O aprender é mais ligado ao interesse do aluno do que a qualidade da instituição. É mal do brasileiro ser rasteiro. Contenta-se muito bem com o mínimo dos mínimos.
    De onde você vai querer tirar oposição? Cada dia menos possibilidades.
    Barenna (Igor)

    ResponderEliminar
  3. Leia primeiro o texto do Reinaldo Azevedo em http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-tentacao-asnal-ou-psdb-faz-de-tudo-para-entregar-sp-ao-pt/

    Meu comentário:

    Começo a acreditar realmente que PSDB e PT são as duas faces da mesma moeda (ou seria da mesma merda?) e que só o José Serra, o Álvaro Dias e outros poucos não sabem disso.

    Cada dia mais me parece que o projeto de vida dos tucanos é apenas entregar o Brasil pro PT. Seriam Bonnie e Clyde do Foro de São Paulo.

    Infelizmente o DEM foi ingênuo... Apoiou o PSDB este tempo todo, virou mero apêndice do Tucanato e encolheu de tamanho. Aparentemente aliado, o PSDB termina por sufocar o DEM. E a troco de quê? De nada, pois "pede pra perder" cada eleição. Não será o Lula a extirpar o DEM, isso será feito pelos Tucanos.

    Em 2010 eu vi que Aécio, Sérgio Guerra, Tasso Jereissati e até mesmo Álvaro Dias viraram a cara para José Serra. Estamos no rumo do partido único. PSDB e PT se parecem cada vez mais.

    Viva a Chinese Democracy com Brazilian way of life!

    ResponderEliminar