sábado, 29 de janeiro de 2011

FIM DE SEMANA DE DESGOVERNO

Durante a semana, o desgoverno da presidente da República Popular do Chiqueiro, por não trabalhar, não produz notícia, o que é noticiado pela imprensa genuflexa como a grande obra do primeiro mês da Idade das Trevas versão III: não dar as caras, para não governar, é um feito digno de louvores. Isso é, segundo o tal jornalismo, o "estilo frenético" de desgovernar.

Fim de semana é para descansar do nada feito durante os cinco dias úteis. Quem disse que não é exaustivo não governar? Não tendo como noticiar que não há notícia, a imprensa, coitadinha, sofrendo crise de abstinência da embriaguez do Expirado, saliva, tal como descreveu Pavlov, em expectativa, criada pelo próprio Expirado, que ontem, na diplomação de alunos da Universidade Federal de Viçosa, ameaçou: entrevista, daqui a três meses. 

Save me! Save us! Uma Coca-Cola bem gelada, por favor!


O Expirado flanando pelos céus bananeiros em jatinho, para dar palestras a universitários? É a expansão do analfabetismo superior? Depois da palestra do Expirado aos universitários, alguém ainda se animará a lhes pedir ajuda no "Show do Milhão"? 
O Brasil, hoje, é um país desgovernado ladeira abaixo. Enquanto o desgoverno inflaciona as próprias capacidades, a massa ignara ri, sem saber por quê. (BSchopenhauer)


Sem comentários:

Enviar um comentário