sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

O LEVIATÃ: E NÓS PENSAMOS.

Nestepaiz, descumprem-se as leis existentes, impunemente. Quando isso causa tragédia, o governo, para não se acusar omisso, faz mais leis. Nestepaiz, todos os momentos em que a sociedade cobra a atuação material do estado, este dá um jeito de legislar e esvaziar a cobrança.
Esse tal de estado, que some quando se precisa dele, mas quer, diuturnamente, "cuidar" das nossas vidas. Esse tal de estado, que nos toma por imbecis, incapazes de cuidar de nós mesmos. Esse tal de estado, Leviatã do Mal, que se homizia atrás da covardia, para não cumprir seus deveres.
BSchopenhauer
(Ilustração: O Leviatã de Goya) 

2 comentários:

  1. O Estado tuiniquim é tutor das autonomias, dos motoristas, das escolas, dos empresários, dos agricultores, dos eleitores, da cultura, da renda e dos amores. Quem exercerá a tutela sobre a hidra estatal de Pindorama? Sem segurança constitucional, ninguém. A solução está em uma Constituição inteligível e não dessas pensadas por advogados para serem interpretadas por juízes.

    ResponderEliminar
  2. o que posso dizer além do que já foi dito?
    Blog: Sem Papas na Língua
    http://luciane-fernandes.blogspot.com/

    ResponderEliminar