quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

OH, LORD! COMO É CARO ESSE DINHEIRO!


É tudo o que o brasileiro médio destepaiz deseja: a ilusão do crédito fácil, ainda que ele pague caríssimo por esse dinheiro de mentira: o juro do cheque especial saltou para 170,7% ao ano, em dezembro. 

Assim, o brasileiro consome sua TV, seu carro e sua passagem de avião. Tudo em 24, 48, 60 parcelas, com juros altíssimos embutidos, acreditando na propaganda que diz que é sem nenhum. 

O que há de mal nesse consumo? Absolutamente nada, desde que não fosse isso uma ilusão patrocinada pelo desgoverno, que ao comandar a felicidade coletiva, cria a impressão de que o país está às mil maravilhas - e que a vida do cidadão está boa porque ele, o desgoverno, faz justiça social, preocupa-se com o bem estar comum e ficam todos felizes para sempre! 

Canto para amenizar...

Oh Lord, won't you buy me a color TV?
'Dialing for Dollars' is trying to find me
I wait for delivery each day until three
So Lord, won't you buy me a color TV?

3 comentários:

  1. Depois de assinado os contrato de financiamento, só "Lord" para ajudar a honrar o compromisso.
    Off topic: que saudade de Janis.

    ResponderEliminar
  2. marcia190726/01/11, 17:25

    esta profusão de crediário fácil ainda vai ferrar todo mundo! as pessoas estão se iludindo e quando perceberem vai ser um deus nos acuda

    ResponderEliminar
  3. Pois é...e brasileiro adora viver de sonhos...

    Tenho lido nos jornais q a quantidade de gente q não consegue pagar suas dívidas no mês, é preocupante...

    E o Beócio dizia q tirou milhões da miséria...
    Só não contou que jogou outros tantos na dívida impagável...

    ResponderEliminar