domingo, 23 de janeiro de 2011

QUEM TEM A RESPOSTA?


Hoje, acordei absolutamente sem inspiração para lançar qualquer idéia no papel. Perscrutei minha mente. E nada! Absolutamente nada!

Então, levantando-me, vislumbrando, no horizonte, os primeiros raios solares, vem-me, enfim, a percepção de que, quando não se descobre mais nada sobre o quê sentir, compreender, expressar..., remanesce o principal, em face do quê tudo o mais é acessório, é contingente, é circunstancial: a vida!

É ela a causa e sobre ela incidem todos os efeitos da existência humana. Nada é mais vitalmente importante do que ela. Nela se encerram o começo, o meio e o fim.

Assim, é de se indagar: por que a vida tem sido tão pouco valorizada?

Quem tem a resposta?


(Leia aqui: VIDA CIRCULAR)

2 comentários:

  1. marcia190723/01/11, 16:20

    pô cara esta perguntinha pega a gente pelo pé!!!
    acho que hoje em dia só se pensa individual e não coletivamente.assim se valoriza a vida de cada um e não se pensa na vida do outro e aí vem a desvalorização de cada uma das vidas.
    o resto só com uísque ou cachaça, o que só pode depois das 17 horas... (rs)

    ResponderEliminar
  2. Eu realmente recomendo que, quem ler este, clique no link para Vida Circular. Como no círculo da vida, os textos se completam.

    E volta...

    "Entrar pelo dia, vazar a noite, demundar novamente, sempre..."

    ResponderEliminar