sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

SEXTA-FEIRA É UM ESTADO...


Dias tristes, pesados. De perdas humanas, de perda da dignidade e mesmo da esperança. De direitos, de liberdade. 

Como sexta-feira é um estado de espírito, sopro um recado: nada liberta mais do que dizer não. Canto para amenizar. E com a suavidade do veludo, que é o meu veneno.

Você me livrou do preconceito de partir
Agora me sinto feliz aqui
Quem foi que disse que é impossível ser feliz sozinho?
Vivo tranqüilo, a liberdade é quem me faz carinho


(Ilustração: Revoada de Pássaros no Pantanal, de Aécio Naif)

Sem comentários:

Enviar um comentário