segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

ROCK N' ROLL, UMA HISTÓRIA - EPISÓDIO V

“Nós gostamos de ROCK e somos loucos. Eles fazem besteiras e são normais. Que vivam os loucos de boa cabeça e pela metamorfose da vida se tornem MALUCO BELEZA!” (Cazuza)



O declínio do Rock. 

O Rock sofre diversos golpes duros entre 58 á 60 onde o Elvis entra para o Exército, Little Richards atende um pedido de Deus e se torna pastor evangélico. Buddy Holly, o JP Peterson e o Richy Valens morrem em acidente de avião (a noite em que o rock morreu, como cantou o Don McLean no imortal American Pie).  Chuck Berry foi preso pela primeira vez: ele transportou uma jovem senhorita de 14 anos para outro estado e levou um gancho de 3 anos em penitenciária estadual. 

Lentamente os roqueiros rebeldes foram substituídos, na mídia, por cantores pop, bem comportados, com canções românticas e nada revolucionárias. O Rock entra nas trevas entre 1959 e 1965. Por trás disso estavam as três forças contrárias e uma industria de compositores pop de peso enorme, narradas anteriormente. 

As publishing houses tinham material para abastecer centenas de bandas vocais com bons pops e foi o que aconteceu. 


The Dell Vikings com Whispering Bells (Belo exemplo de Doo Wop)

O fio da resistência roqueira eram os “velhos” que excursionavam e lotavam bingos e bares levando os rocks, ao vivo, para o interior dos EUA.

Rory Orbinson, Tommy Roe, Danny and the Juniors, Chubby Checker (Lets Twist Again)  e outros teimavam em levar o legado do rock adiante, e emplacando sucessos ao longo de 61-66, mantinham  “o paciente respirando por aparelhos”. Os Beach Boys casam pop com rock e junto com os Ventures (surf music) mantém viva a chama do rock ‘n roll. 

O casamento do pop com rock fez surgir novas bandas e logo a novidade atinge a Inglaterra. O “Mersy Sound”, rock rítmico nascido à margem do Rio Mersy, em Liverpool, ganha proporções e assim surge o segundo maior estelionato musical do rock: os Beatles. Em 63 a Beatlemania varre a Inglaterra e no ano seguinte o resto da Europa e os EUA. De fato se tornam maiores que o Presley, mas com o fato engraçado: haviam se tornado especialistas em “roubar” musicas de blueseiros esquecidos. Sim, ficaram famosos tocando covers do Chuck Berry. Ou seja, a fórmula aplicada ao Presley, funcionou para os Beatles.

Com a entrada do produtor George Martin, os Beatles passaram a executar uma música mais melódica, abastecendo as rádios com uma quantidade enorme de sucessos pré-fabricados pelo Martin.

Beatles com a musica do Chuck Berry – Roll Over Beethoven.

Algumas opiniões são unânimes em dizer que o sucesso dos Beatles, na verdade, ofuscou o verdadeiro talento das outras bandas do Mersy Beat: Rolling Stones, The Kinks The Hollies e The Animals. Sem esquecer dos Yardbirds.

Com os Rolling Stones o rock volta a respirar por conta própria. Mick Jaegger, Keith Richard consolidam a imagem do roqueiro, e o fazem até hoje!


Rolling Stones Get Off My Cloud 1967.

Continua……

Sem comentários:

Enviar um comentário