quarta-feira, 9 de março de 2011

CAI A NOITE



"Mandei a palavra rimar,
ela não me obedeceu.
falou em mar, em céu, em rosa,
em grego, em silêncio, em prosa.
Parecia fora de si,
a sílaba silenciosa.

Mandei a frase sonhar,
e ela se foi num labirinto.
Fazer poesia, eu sinto, apenas isso.
Dar ordens a um exército,
para conquistar um império extinto."

(Paulo Leminski)

1 comentário:

  1. Mandei a frase sonhar,
    e ela se foi num labirinto.

    É amiga, o poeta sabe de muitas coisas. Eu apenas peço jamais conquistar um império extinto. Porque, ainda que rime em algum tom, mais que silenciosa, a sílaba se tornará melancolia.

    Boa noite.
    Parabéns pelo bom gosto de sempre.

    Alberto Villar

    ResponderEliminar