sábado, 26 de março de 2011

LIÇÃO DE DURVAL: QUANDO A CORRUPÇÃO ENSINA


A longa história de delações de Durval Pereira sobre os esquemas de corrupção no governo do Distrito Federal mostram duas coisas, que não ficam muito claras, evidentemente, porque o mais grave disso é o tamanho dessa teia de corrupção. Mas debaixo dela, estão ali dois dados:

1.Todo esquema de corrupção passava por Durval;
2.Dar a uma pessoa só tanto poder em uma administração corrupta é BURRICE. 
3.Não se deixa "companheiro na chapada". Não se deixa "peixe" morrer afogado.

Quem tem o seu "personal Durval Pereira" que tire daí as lições.

Não, não estou querendo dizer nada com isso. E tudo, ao mesmo tempo. Quem tem ouvidos pra ouvir, ouça. Quem tem olhos para ler, leia. Não pense que não pode acontecer com você, caso seja um desses.

Porque o dom do silêncio não é como gripe, que dá em qualquer um.

 

1 comentário:

  1. Este caso Durval, é realmente muito estranho,não é mesmo?

    Como pode um "intermediário" de crimes,ser levado tão a sério e fazer pose de um "ajudante da Justiça"?

    Não consigo levar á sério essa investigação toda, pois o mesmo,além de ter participado de toda tramóia, é um cafajeste delator!
    Então, como pode ser levado a sério uma pessoa dessas?Já pensou qtos desafetos dele podem estar nas denúncias sem ter culpa como os outros?

    Sei não...Tenho sérias reservas qto á essa investigação!

    ResponderEliminar