terça-feira, 29 de março de 2011

O ESTADO E A LENDA DA CEGONHA


Num estado emprenhado pela ditadura da propaganda oficial anabolizada, irreal e surreal, a presidente da do desgoverno da Idade das Trevas nos brinda com o lançamento retumbante do programa que se pretende de primeiríssimo mundo para o atendimento a gestantes, pelo SUS, aquele nosso velho conhecido, falido, porta de saída de recursos desviados sem estanca, em todas as instâncias. Reza a teoria do programa Rede Cegonha, que serão investidos R$ 9 bilhões de reais. 

Espanta a desfaçatez do lançamento de mais uma peça de ficção no que tange à saúde pública destepaiz, sendo que os programas que já existem (oi?) não funcionam. Se funcionassem, precisamente no caso do Pacto Nacional pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal, não precisaria de o Ministério Público Federal instaurar inquérito para apurar a elevada taxa de mortalidade materna no Brasil. Segundo o Procurador da República, Ailton Benedito, “o índice nacional de mortalidade materna denota a deficitária assistência à saúde oferecida pela rede de do SUS às gestantes brasileiras”.

O que não funcionava antes, como é facilmente percebido, continuará não funcionando. Para não correr o risco de governar, o desgoverno da Idade das Trevas usa de um ótimo expediente: troca-se o nome do programa, faz-se um pronunciamento e a mídia genuflexa trata de propalar, como sendo a última Coca-Cola do deserto, a boa vontade magnânima da gerentona com cara de bedel de colégio. Ganha-se quatro anos de paciência para esperar o programa funcionar. E tudo fica como dantes.

O estado nos quer acreditando na lenda da cegonha.


1 comentário:

  1. É inacreditável como a Mocréia promete coisas que não saem do papel,não?
    Esse é mais um Programa que ficará só no escrito...qdo muito, pode ser começado,mas ficar completo,duvido de todo coração!

    Mas que pena que Serra não venceu,Rê...Ele bolou o mais completo programa para gestantes aqui no E.SP!
    Eu trabalhava na área da Saúde,e acompanhei de perto o programa impecável que ele fez p/ as gestantes!
    As gestantes,além de um programa mto sério,tinham prioridade em tudo!Até nas marcações de consulta!
    Qdo os médicos percebiam que a gestante não tinha uma alimentação à altura de suas nescessidades, essa gestante era rapidamente encaminhada ao Serviço Social,que trataria se suprir todas as suas carências!
    Qdo a gestante era mto pobrezinha, algumas mulheres caridosas do município, ofertavam o enxovalzinho completo p/ o bebê! Então, havia aí uma relação mto bonita entre os munícipes!
    Pelo jeito,era assim em todo o Estado...
    Agora, vem essa "Senhoura" sem prática nenhuma em programas e não tem programa de verdade nenhum, e inaugura coisas,promete mundos e fundos e o povão óóóó!

    Até hoje eu não me conformei com a perda terrível que nosso país sofreu ao eleger uma pessoa totalmente despreparada p/ um cargo tão importante!Acho que ela vai viver de promessas e o povo de sonhos!

    ResponderEliminar