terça-feira, 5 de abril de 2011

JACKSON LAGO, R.I.P 04.04.2011




Morreu ontem, em São Paulo, Jackson Kepler Lago, ex-governador do Maranhão. Ele lutava contra um câncer de próstata, e  estava internado no INCOR por conta de complicações pulmonares em consequência da quimioterapia a que se submetia. Tinha 76 anos. Casado com a doutora Clay Lago, deixa três filhos e seis netos. O hospital divulgou nota informando que ele se tratava de uma miocardite e faleceu por falência múltipla dos órgãos.

Médico pioneiro em cirurgia toráxica no Maranhão, filiado ao PDT, tornou-se governador em 2006,  depois de uma vitória acachapante sobre Roseana Sarney, e perdeu o mandato para ela, via Tribunais, em 2009. Voltou a se candidatar em 2010, sem sucesso, no entanto.

Doutor Jackson foi a prova de que, em política, não basta um gestor ter boas intenções e ser o melhor dos seres humanos. É preciso, além da própria competência,  cercar-se de gente com as mesmas boas intenções que ele. E se possível, até mais competente, inclusive. 

A última vez que vi Jackson Lago,  foi em Brasília, em  ato de apoio à candidatura de José Serra, no dia 06 de outubro do ano passado (foto acima). Conforme informação do Blog do Kenard, Jackson negou-se a por o PDT do Maranhão na campanha da canditada do PT, embora o partido faça parte da base aliada do governo federal, tendo o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, como Ministro do Trabalho.  Dizia que não iria apoiar quem, por sua vez, apoiava os que lhe tinham tomado o mandato de governador (a família "Sarnei"). Toda a negociação do apoio de Jackson e do PDT maranhense à Serra foi "costurada" pelo prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB). Antes de se eleger prefeito, em 2008, Madeira foi deputado federal por quatro mandatos, e é muito "afinado", conforme o jargão do meio, com Serra.
Crédito foto (Edu Lacerda)

Sem comentários:

Enviar um comentário