sábado, 28 de maio de 2011

A DEFESA DA MACONHA E O AUTO-ENGANO


Bastou dizer que o os defensores da liberação das drogas são hipócritas porque marcham na Paulista ou em qualquer grande avenida de qualquer grande cidade, mas nenhum deles, lindos, leves e bem-nascidos, pegam um viciado lá da Cracolândia, e o levam  para cuidar de seu vício DENTRO DE SUAS CASAS... Bastou dizer que os defensores da marcha da maconha não passam de um bando de inúteis, com tempo demais por falta do que fazer, uma geração sem causa, sem objetivo, sem conteúdo, sustentada pelos pais até os 30 anos, e depois dos 30, entram em alguma ONG, sindicato ou similar, passando aí a serem sustentados por dinheiro público. Bastou dizer que esses logo se candidatam a qualquer coisa em nome de algum "movimento social" e daí serão sustentados efetivamente pelo estado (ou seja, pelo dinheiro do impostuinte), para soltarem os pitt-buls da fumaça esquerdistamente onanista na timeline do Twitter, acusando quem é contra esse oba-oba, que ainda por cima prega o uso de substâncias ilícias, de ser preconceituoso.

Esse aqui, mereceu destaque. Porque levou dez segundos a mais que os outros a desistir de me trollar, para cair na besteira de me oferecer um baseado, e porque fez isso usando um avatar com uma CRIANÇA NO COLO. Significa? 


Em nome da "liberdade de expressão", conforme já prevíamos muitos de nós, agora é a vez dos maconheristamente onanistas exercerem seu sagrado direito de cumprir a escrita da estupidez inerente: fazer bobagens. Inclusive, apologia ao uso de drogas, o que, pensava eu, seria crime. Não nestepaiz que o PT erigiu no lugar do Brasil. 

Ocorre que essa que vos fala, não é nada politicamente correta, mas aceita muito bem o que é LEI. Não aceita cabresto do marketing do comportamento imposto pela doutrina totalitária que grassa por toda parte nestepaiz, inclusive nas escolas e universidades. E nunca teve medo do PT e do que sua gente representa. Quem já esteve cara-a-cara com a presidente destepaiz, a própria encarnação da Besta (não tinha grampeador nas mãos, na ocasião, ainda bem) não pode temer nenhum reles amador.

Falo desde sempre: se você não tem alto cargo de alto escalão dentro da estrutura do PT ou do desgoverno, não tem credenciais para se dirigir a mim. Perda de tempo sua me trollar. Meu salto 15 Louboutin (né, Carola?) não é para o bico da ralé. Só ganha a atenção do meu Veludo, e se tiver sorte, um pouco do meu Veneno, gente graduada, do tipo Erenice, Berzoini, Pimentel, Zé Dirceu.... entendeu?

Branca, CRISTÃ, HETEROSSEXUAL, alfabetizada, pagadora de impostos, consumidora compulsiva de LIVROS (uma ofensa para a esquerda) e música, cozinheira de mão e panela cheias, mulher, dona de casa que passa uma camisa de homem como poucos têm o privilégio de vestir, sei cantar sem desafinar, assisto FUTEBOL, inclusive europeu, flamenguista, uso batom e esmalte vermelhos, desprezo José Sarney, dirijo acima de 100 km/h mas se vier multa (nunca veio) pago sem reclamar, (quase) loira (é recente, gente, estou me acostumando, poucos me viram assim...rs), LINDA, e com um baita senso de humor, eu os compreendo. Mesmo. Tudo isso, junto, é muito pra vocês. Em inglês, que vocês detestam: too much! 

Nota da Redação: se você, esquerdinha de plantão, é pobre, do tipo que ao invés de usar um isqueiro S.T. Dupont para acender seu baseado, usa um BIC (porque petralha graduado, tipo Palocci, com fortuna, sabe bem...)  não sabe "o que é" Louboutin, e não faz ideia do que significa ser onanista (adorador de Onan) faz um Google que passa! Ah, sim. Não deve saber o que é S.T. Dupont também. São Google na causa, meus filhos!

Nota da Redação 2: sim, eu poderia ter escrito algo bem sério sobre isso, porque é muito sério o fato de usarem o pretexto da falta de liberdade de expressão (que não há no Brasil pós-85) para fazer apologia ao uso de drogas, inclusive por um suposto inocente útil com uma criança no colo. Isso é grave, na verdade. Falarei, sim, com a gravidade que isso requer. Profundamente, em breve.

4 comentários:

  1. Se pudesse escrevia aqui com minha MontBlanc de prata, que me pai me deu qdo completei meu mestrado ( em exatas).. Sou cartesiana burra sim, e pode me chamar de simplista, maniqueista ( se e que maconheiro sabe o que é isso), mas pra mim, vale a maxima do Capitão Nascimento... lugar de maconheiro é na prisão. E maconheiro velho, é a coisa mais ridícula do mundo.

    ResponderEliminar
  2. só discordo de uma coisa: falar ou escrever sério, não significa fala ou escrita sisuda. você falou sério sim com graça e leveza para não despertar nossos mais baixos instintos! (rs)
    agora poderia me explicar esta história de estar loira? quero foto (rs)
    ah, eu já estou aceitando o fato de que por ser católica, branca, hetero, graduada, honesta e contra este governo logo logo farei parte de um grupo em extinção...

    ResponderEliminar
  3. Parabéns!

    Parabéns!

    Menina (quase) loira, que bom que você existe. Você é too much (rsrsrs). E pegando carona nesse seu bom humor: tomate na cara deles!

    Abraços sempre afetuosos.

    ResponderEliminar
  4. Muito bem dito.
    Penso da mesma maneira e esta gente prova que a decadência total é mesmo resultado do método implantado, devagar e sempre, pelos desqualificados que estão no poder.
    Esta marcha é mais um surto agudo da imbecilização que tomou conta de quem é vulnerável `a imbecilização.
    Parabéns!

    ResponderEliminar