domingo, 22 de maio de 2011

GENTE DESPENSANTE


Lendo todas as notícias que tomaram conta da imprensa na semana que findou, percebe-se que estepaiz é completamente dominado pelo duplipensamento orwelliano. Aqui, os interesses do Grande Irmão, sinônimo de desgoverno da Idade das Trevas, espraiam-se por todos os lugares, todas as relações sociais e institucionais. Assim, duplipensar e interesses do desgoverno da Idade das Trevas internalizam-se nas mentes e determinam os comportamentos, as ações e reações das pessoas, tudo conforme o que é bom ou ruim para ele, o Grande Irmão.

Veja-se, a propósito o mais novo penúltimo escândalo que varre a praça, envolvendo um ministro do desgoverno da Idade das Trevas, Antônio Palocci.  Esse cria explicações, justificativas, inimigos imaginários, a quem atribuir a causa do escândalo, ordinariamente, à anódina, insignificante, esfarrapada “oposição político-partidária”, como se ela fosse capaz e quisesse enfrentar o Grande Irmão. Não quer, não pode, não vai.

Duplipensando, a verdade, que também pode ser a mentira, é que, para o desgoverno da Idade das Trevas, virtude é vício, moral é imoral, punição é prêmio etc. sempre, consoante com o que, para ele, é bom ou ruim. E as pessoas, que já não pensam, concordam, ou, talvez, não tenham consciência de que concordam, nem que possam discordar. 

2 comentários:

  1. A inversão de valores é a máxima nesse país. A meritocracia da dona deelma limita-se às suas falações. Grande texto.

    ResponderEliminar
  2. Nem vou culpar esse desgoverno por tudo de ruim que boia à superfície agora. Eles estão puro e simplesmente colhendo e se aproveitando de algo que foi plantado durante decadas... pra não ser filósofo demais, séculos.

    Não considere que justifico ou aplaudo as safadezas e desonestidades, só estou considerando aquele velho ditado e antiga prática; "A OPORTUNIDADE FAZ O LADRÃO"

    Como sociedade, permitimos que se chegasse a esse ponto, agora pagamos o preço.

    ResponderEliminar