sábado, 30 de junho de 2012

DIÁLOGO SOBRE A GENIALIDADE

"Um lavrador de pé é maior que um fidalgo de joelhos." 
Benjamim Franklin

Erguer-se acima do comum, na vida, é um combate contínuo. Luta-se contra a situação, contra o meio, qualquer que seja este, contra o predeterminado pelo "destino". Trava-se uma batalha contra o comodismo, fácil estado do deixa como está para ver como é que fica. Comumente, faz-se necessário o combate contra ideias conformistas que sequer sejam de si próprio, mas de terceiros. É batalha contínua contra o descrédito -"você não vai conseguir" - ou "isso não é para você". 


Nada faz desistir quando há, dentro de si, o gênio. 

É na simplicidade da vida que o gênio se manifesta. O verdadeiro, o bom - o melhor, o ingualável - se sobressai ao optar pela conquista de seu sucesso, pessoal, profissional. Persistência, coragem e convicções firmes são os amálgamas que o pavimenta. O perseverante, que no dia-a-dia do combate, manteve consigo seu conjunto ético, seus valores, alimentará a própria simplicidade da vida. Suas conquistas, simples, o manterão de pé. 

O gênio, o verdadeiro, é simples, sempre. Mantém ao seu redor tudo idêntico a si, em qualquer estágio de sua batalha, de seu combate, de sua conquista. Com a simplicidade, enfrenta os medos, os rugidos dos leões que fazem estremecer a valentia - ambos, medos e valentias, dentro de si mesmo. Mas a sua firmeza é simples, também: está, ela, no mesmo lugar onde surgiu a vontade, e é de onde sairá para combater aqueles leões: está dentro. Mais simples, impossível. 

Os maiores, os melhores, os mais fortes, os diferenciados, da simplicidade e na simplicidade, quando se encontram, se olham e se descobrem. Se constróem, se exultam: sua razão é sua naturalidade; sua raiz, a sua riqueza; sua conversa, o seu encanto; seu sucesso, o seu castelo. Sua Justiça e Honra, o templo de sua glória! Seu exemplo para o mundo mantendo-se sempre de pé é também o seu legado.

A simplicidade de reconhecer o valor de uma tarde preguiçosa na rede ou de uma manhã, tocando música na janela, é, para o gênio, o que se realiza em verdade, e por isso enraíza-se. Mais simples, impossível. Mais gênio, impossível. Simplicidade é gênio.


[Publicado originalmente há um ano, sob o nome Diálogo Sobre a Simplicidade. Mas a simplicidade é o caminho do gênio. Mereceu a mudança.]

(Ilustração: O Violeiro na Janela, de Almeida Junior)

1 comentário:

  1. E´mesmo Regina.
    Os tempos modernos, com toda a correria do dia a dia, aumentam o cansaço "normal".
    E há tempos decidi fazer pequenas coisas para simplificar o que dá para simplificar na minha vida.
    Muitas vezes tenho vontade de ficar parada,ñ fazer nada.Nem mesmo pensar.
    Mas isto é impossível...

    Abçs

    ResponderEliminar