domingo, 12 de junho de 2011

NAMORADA


Namorada
Por Comandante Igor @Barenna

Quando estou calado é que estou pensando em você
São aqueles momentos de reflexão e saudades
O silencio interioriza nossos desejos e...
Realiza os sonhos secretos

É quando beijo seus pés
Alicerce do corpo que desejo
Acaricio seus cabelos
Moldura do rosto que quero beijar

Calado permito-me escutar a alma
Sem que nem o vento consiga
Perturbar seus pelos dourados
Pois é neles que quero repousar

A distância não é longa
Medida que não existe para os amantes
Logo estarei em casa
Para nos seus braços me aninhar

(Para a minha Angela querida, mulher que escolhi em um jardim florido.)

7 comentários:

  1. Beleza de poesia comandante. Linda mesmo.

    ResponderEliminar
  2. A vida é surpreendente, sempre gostei de poesia, mas jamais esperei escrever uma.
    A solidão que sinto, quando estou em São Paulo trabalhando, longe de casa, me inspirou os primeiros versos.
    Quando a Regina me convidou para que escrevesse algo para o blog, enviei-lhe a primeira parte e recebi o incentivo maior e a coragem necessária para complementar. Realmente não poderia deixar inacabado.
    Espero que gostem, pelo menos foi feita com o coração.
    Agradeço muito à Regina, amiga que muito admiro.
    Igor

    PS. Se eu ficar famoso ela será minha editora (risos)

    ResponderEliminar
  3. Oba! Já ouço o tilintar da caixa registradora, Comandante! Trate de ficar famoso e vambora ganhar dinheiro, rsrs.

    ResponderEliminar
  4. que fofo, afilhadinho!!!!!!
    a-mei!
    beijim na sua musa e felicidades mil para vocês.

    ResponderEliminar
  5. Dona Baronnete12/06/11, 20:18

    Depois desses tantos anos de convivência, plena de amor e paixão, mas antes de tudo, de companheirismo, descobri hoje, que o meu marido é um poeta, e que poeta!Nem vou dormir ... sabendo que eu sou a "sua musa inspiradora".Posso dizer a todas as mulheres: "Acreditem, é possível! O amor existe!"Sinto-me gratificada por Deus por ter a possibilidade de ser um exemplo disso.Que "muitas" possam, também, partilhar desse sentimento.
    Angela

    ResponderEliminar
  6. Dona Baronnete, que maravilha que você comentou! Eu aposto que o mérito do poema é todo seu. Senão, como o Comandante Barenna se inspiraria assim? Parabéns para ele, por ter você, inspirando-o.

    Feliz Dia (já noite) dos Namorados, gente!

    ResponderEliminar
  7. Igor e Ana

    A poesia da vida é "gente"
    Vocês dois são uma "selecta"

    Beijo Chumbo e Norma

    ResponderEliminar