segunda-feira, 25 de julho de 2011

CAI A NOITE


Agora que já me amaste por um dia inteiro.
Amanhã, quando partires, o que dirás?
Irás antedatar algum voto mais recente?
      Ou dizer que, agora,
Já não somos exatamente os mesmos de antes?
Ou que as juras, feitas por medo reverencial
Ao Amor e à sua ira, se podem renegar?
Ou, como veras mortes desligam veros casamentos,
À imagem destes, os contratos dos amantes
Unem só até que o sono, imagem da morte, os separe?
      Para justificar os próprios fins,
Tendo proposto mudança e falsidade, não terás tu
Outro meio senão a falsidade para seres sincera?
Lunática vã, contra tais evasivas eu poderia
      Argumentar e ganhar, se quisesse,
      O que me abstenho de fazer
Porque, amanhã, poderei vir a pensar como tu.
John Donne

1 comentário:

  1. Madonna, a Filósofa moderna:
    " I know I love you because I hate you "

    Bryan Ferry: "Will You Still Love me Tomorrow"
    http://www.youtube.com/watch?v=vHxZxc3OPKI


    Regina, parabéns pelo Dia do Escritor !

    Bjks!

    ResponderEliminar