sábado, 20 de agosto de 2011

DESGOVERNO X MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL




A natureza detesta vácuos, e sempre encontra uma maneira de preenchê-los. É assim no universo e também na natureza humana. Em se tratando de PT, o partido maior do desgoverno da Idade das Trevas destepaiz - CorruPTópolis - é um pouco diferente. Como até os vermes são integrantes da natureza, lá vão eles, ocupar um espaço, obviamente, que não lhes é devido.

Nunca antes na história destepaiz, houve um desgoverno como este, com um histórico de denúncias de corrupção de fazer corar a República de Collor de Mello e de PC Farias, um tipo de Zé Dirceu da época. O penúltimo mais recente foco de tal problema é o Ministério das Cidades. Também nunca antes houve um governo que atentasse tanto contra a liberdade (individual e sim, coletiva) como o desgoverno petista. De forma insidiosa, e com apoio do que chamam de "imprensa", nunca! Os atentados contra isso estão aí, para quem quiser ver (e divulgar, se não sofrer da síndrome da genuflexão voluntária).

Que ninguém se engane, o PT e seu desgoverno só não são hábeis em governar com responsabilidade. No que diz respeito a implantar suas teses e seus interesses, são exímios profissionais. Para isso, atuam em várias frentes. Uma dessas tentativas de CALAR, OPRIMIR, SUPRIMIR tudo o que possa jogar a luz da VERDADE sobre quem são e como operam, o PT, agora, volta-se contra o Ministério Público Federal. Parece incoerente, já que nós vemos, há tempos, que o MPF (nem ousem negar) é, por obra e graça de muitos de seus membros doutrinados, razoavelmente bem dominado pela corrente esquerdista que grassa em todas as instituições públicas destepaiz. 

Mas obviamente, que os esquerdopatas de plantão também não ousem discordar, como em todos os lugares, organizações, sociedades, (até em partidos políticos) e instituições, ali no MPF há, também, pessoas de bem que simplesmente cumprem com seu dever, neste caso, o de defender, acima de tudo, a Constituição Federal - são os 'fiscais da lei'. Pois é esse tipo de profissionalismo e de comprometimento que mais causa temor ao totalitarismo. Com o PT não poderia ser diferente. O emissário da vez, na tentativa de obstruir tudo o que diz respeito à lei, ordem, justiça e porque não, decência, é o senador Humberto Costa. 

Acompanhei, na íntegra, a sabatina de recondução de Roberto Gurgel ao cargo de Procurador-Geral da República no Senado. Ali, a intervenção de Humberto Costa já me chamou a atenção. Com um rancor patético, exprimiu todo o seu ódio à instituição, motivado por ter sido alvo de investigações do órgão quando foi ministro da saúde, e defendeu que o Ministério Público Federal sofresse um intensivo "controle social". Não me alongarei em discorrer o que significa "controle social", dentro da novilíngua esquerdopata que nos é impingida, já falamos muito sobre isso, antes. Enfim, o objetivo de Costa é tão somente calar, de forma insidiosa, quem ousar ações que coloquem o cumprimento DA LEI acima dos interesses DO PARTIDO DO DESGOVERNO, O PT. A sabatina de Gurgel se deu em 03 de agosto. 

Vejamos: são garantias constitucionais dos membros do Ministério Público do Poder Judiciário: a) vitaliciedade, após dois anos de exercício, não podendo perder o cargo senão por sentença judicial transitada em julgado; b) inamovibilidade, salvo por motivo de interesse público, mediante decisão do órgão colegiado competente do Ministério Público, pelo voto da maioria absoluta de seus membros, assegurada ampla defesa; c) irredutibilidade de subsídio.


Tais garantias são alicerces sobre os quais se assenta a atuação independente de promotores (procuradores) de Justiça e magistrados, em defesa da democracia, da Constituição e das leis. Sem elas, qual promotor (procurador) de Justiça teria coragem de atuar plenamente e com independência contra os crimes praticados pelos governantes e parlamentares, se esses pudessem, ao seu bel prazer, extinguir aquelas garantias? Somente os mártires!


Pois o senador Humberto Costa, nada menos que o líder do PT no Senado, e por consequência, também do desgoverno da Idade das Trevas, na quarta-feira, 10 de agosto, apresentou proposta de Emenda Constitucional (PEC nº 75/2011), para extinguir a garantia de vitaliciedade dos membros do Ministério Público.

Considerando que o Poder Judiciário não tem iniciativa de agir por conta própria, as denúncias de crimes, inclusive os perpetrados por governantes e parlamentares, dependem de iniciativa (denúncia) por membros do Ministério Público. Logo, uma forma de o desgoverno da Idade das Trevas dificultar ou impedir que os seus corruptos de estimação sejam punidos criminalmente é evitar que sejam denunciados pelos membros do Ministério Público, os quais, desprovidos daquelas garantias e sem vocação para se martirizar e as próprias famílias, tenderão a preferir, humanamente, a inércia.


Arquivo:

10 comentários:

  1. realmente a hidra de lerna está a cada dia dominando mais espaços. agora ela também conta com o silêncio de suas futuras vítimas. Por que o MPF não chiou publicamente aproveitando o momento da "faxina"? Com isto o gov teria que se posicionar pois se quer "faxina" não pode tentar controlar o MPF

    ResponderEliminar
  2. Sandra Sallee20/08/11, 22:06

    A unica coisa que posso dizer e que nao existe mal que dure para sempre . Talvez , quando esse governo deixar o poder , o Brasil ja nao possa se reerguer naturalmente . Algo havera que acontecer . Mas o estagio dos fora-da-lei com o dominio e com o poder sendo usado contra a Nacao Brasileira vai deixar cicatrizes .

    ResponderEliminar
  3. A pergunta é: por que não tem nenhum corrupto na cadeia?

    Se o dono da ação penal é o Ministério Público, ele não está fazendo o trabalho direito.

    Não consegue condenar ninguém? Nenhum centavo volta aos cofres da União?

    Da na hora do povo eleger o chefe do MP, não é?

    ResponderEliminar
  4. oi! Por indicação do coronel vim ver o seu blog,gostei e já está entre meus preferidos.

    ResponderEliminar
  5. Mercia Maria Almeida Neves21/08/11, 22:50

    É triste o relato, mas é a vedade,eles vem tentando calar toda forma de manifestação, opinião contrária e para isto meios não justifica os fins.É calculado, sitmático.
    Ao ler a matéria e ao comentar a respeito de,fui crticada, por "moralista" "brigas de gangues".Para não me causar espanto com isso é "normal".Então é normal nesse desgoverno.Tem é que cair de lado contra, a imprensa, esta genuflexa,que é o único veículo que tem coabido o "governo".É fato.

    ResponderEliminar
  6. Os membros do Judiciário, da primeira instância à Suprema Corte, comportam´se como deuses, intocados, mas mais pela empáfia do que pelas necessidades da função. Não se vê, por exemplo, um juiz condenado como são os cidadãos mortais e nas raras vezes em que isso ocorre, são convencidos a aposentarem-se sem redução de seus vencimentos e quase nunca (só lembro de um caso) são presos. Isso, porém, não dá direito aos autocratas e personalistas desfazerem-se das garantias que coibem a perseguição política ou pessoal contra este ou aquele membro do dito Poder republicano, Pior ainda perseguir toda a categoria como se fossem eles os bandidos quando, na verdade, bandidos são os que os perseguem, agridem e, volta e meia, tentam silenciar.

    ResponderEliminar
  7. A estrategia, do PT, ja vem com muita experiencia do passado, de militancia da maioria de seus quadros. Com a criaçao do FSP, ficou mais facil, a esses, terem uma açao mais concreta, com o objetivo de se criar uma nova uniao socialista de naçoes. Infelizmente, eles estao chegando onde querem. Gosto deste site, http://antiforodesaopaulo.blogspot.com/2011/07/o-holocausto-na-ucrania-1930-e-1937.html
    Nas minhas viagens, estive em varios desses paises, ditos de "socialistas", e pude observar, e ateh ter frequentado, os clubes dos partidos, onde o povao nao entrava. Se este governo do PT, conseguir fincar essa ditadura, nos tornaremos um povo triste.

    ResponderEliminar
  8. NELIO ROCAS22/08/11, 21:11

    É ISSO.... MUITO BOM

    ResponderEliminar
  9. Vamos fazer uma campanha para acabar é com a imunidade dos parlamentares e o foro privilegiado, estas garantias sim usadas para proteger bandidos como Costa.

    ResponderEliminar
  10. Meu Deus, o que será do nosso país? O que será de nós, totalmente contra regimes totalitários?

    Mas o que será q precisa acontecer p/ o povo acordar?
    O que será q precisa acontecer para os HOMENS do país darem um BASTA à ditadura lullo-petista?

    Bem,amiga, além de tentar alertar às pessoas mal informadas, eu faço só mais uma coisa que sei que posso fazer: Eu Rezo!

    ResponderEliminar