terça-feira, 27 de setembro de 2011

BOMBA NA BOMBA


Este nem pode ser um texto longo, como gosto de escrever, porque tenho sérias limitações por não entender nada de economia e impostos. O que não é, para meu gasto pessoal, um grave problema, pois o Mantega também não entende patavinas e é ministro da Fazenda. "A gente vai levando", como filosofou a outra que não entende nada de nada, a fraquinha Ideli...

Não parece surpreendente que qualquer governo em geral - este nosso desgoverno das Trevas em particular - tome medidas como baixar tributos? Pois é surpreendente! Nosso desgoverno publicou hoje decreto 7.570 tirando R$ 0,4 centavos da CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre a gasolina, o que representa uma diminuição de 16,3%. Oba! Já devem estar exultando os mais apressados. Alto lá. Não diminuirá o valor do litro que pagamos na bomba. Não mesmo. Porque o governo não diminuirá o valor de venda do combustível para as distribuidoras.

Repito, não entendo de economia, em geral, e tributos, em particular, exceto que eu tenho que pagá-los, como de fato pago. Mas de ações políticas eu entendo bastante bem, e entendo melhor ainda como (não) funciona o PT que nos desgoverna. A Petrobras, esse espetáculo de empresa detonada pela gestão PT, segundo o noticiário, tem grande dificuldade de manter o caixa, pois está importando mais combustível: 30 mil litros/dia em 2011 contra 7 mil litros/dia em 2010. Também é uma conta considerável, já que estepaiz tirou o bilhete premiado do pré-sal. Cadê a produção jorrando nos quintais dos mares de CorruPTópolis, seu Looola? Seu Garielli? Não tem? Então importa!

Enfim, a diminuição no índice da CIDE foi uma manobra que exclusivamente tem a ver com o próprio cofre do desgoverno, prejudicado pela variação cambial e aumento da importação. E não só da gasolina como também do etanol, a cachaça de carros que era, depois da de alambique, a menina dozóio esbugalhado da cara suarenta do Ex-Pirado. Porque a Petrobrás importa não só muito mais combustível hoje, como o faz a um preço mais caro do que o combustível cá em CorruPTópolis produzido. A explicação oficial, comprada por alguns, nem é essa. É que mexer no índice da CIDE é uma maneira de evitar o repasse do prejuízo para o consumidor, de evitar a alta na bomba. Pode ser que sim, também, mas para mim, é conversa-mole de petista mesmo. Nada tem a ver com os interesses do consumidor destepaiz. É só a frase da Ideli, ali no primeiro parágrafo, colocada em prática. Ocorre que para "ir levando", dona Ideli e seu Mantega têm que combinar com o dragão. Só com um, o da inflação. O outro dragão que os chefia [à medida em que o ZéDirceu deixa] é do time que também vai levando.

3 comentários:

  1. Menina,pelo pouco que entendo do meu tempo de "ripórti" de economia a coisa tá indo para o brejo. Os acionistas da Petrobras logo, logo vão reclamar do prejú e a coisa vai ficar preta...

    ResponderEliminar
  2. Desde aquele emprestimo "maroto" de 2 Bi que a Pertobrás fez á CEF em fim de 2008, sei não. Alguma coisa deu super errado la e venderam a historinha do Pre-Çaú que colou pra valer.
    Tô ouvindo a vaquinha lá do brejo !

    Lunarscape.

    ResponderEliminar
  3. Uma das melhores empresas de energia do mundo, literalmente destruída pela corja vermelha.
    Uma coisa só a mais: se tá ruim prá quem tá botando, imagine prá quem tá levando...
    NB: só pode ser ironia de novo. A palavra de verificação é "phiesp". Zézuiz

    ResponderEliminar