sexta-feira, 16 de setembro de 2011

DINASTIA DO BIGODE: MANDA QUEM PODE

"O Estado da Dinastia do Bigode tem alguma característica que o torne especialmente capacitado para qualificar agentes de turismo?" BSchopenhauer

Não tem juízo próprio quem obedece. É assim que funciona o toma-lá-dá-cá com José Sarney, o Imperador da Dinastia do Bigode do Maranhão, Amapá e Territórios Destepaiz. Nenhum de nós se espanta com a familiaridade com que Sarney manipula as vontades alheias para seu benefício próprio. Causa ódio dentro das hostes do PT, o suposto aliado de desgoverno. Causa ódio dentro do próprio PMDB. Mas ninguém se levanta publicamente contra. Os motivos para tanta subserviência às ordens de El Bigodón são aqueles, os das salsichas. Ponto parágrafo.

Presidencialismo de coalizão é a vovozinha. O que acontece no subsolo do inferno, o lugar onde são tratadas as questões de interesses diversos desse desgoverno das Trevas, é tão somente a velha negociata pura. É a velha prática da velha política, que subjuga os extremistas das esquerdopatias comunistas aos extremistas do fisiologismo jurássico destepaiz. O deputado sarneyzista Gastão Vieira como substituto BO (Bom para Otário) do deputado sarneyzista Pedro Novais no Ministério do Turismo não aconteceu sem traumas. Podemos imaginar - e quem conhece um pouco da Escola Sarney de Metodologia Político-Eleitoral visualiza muito bem - toda sorte de chantagens, ameaças, dossiês para lá e para cá, promessas de "te dou isso" ou alertas de "te tomo aquilo", que ocorre numa dessas rodadas de "acordo de coalizão"? Pois que o meu querido internauta deixe sua imaginação vagar, solta, à vontade. Vai chegar às próprias conclusões.

José Sarney segue manobrando o país inteiro para interesse do seu Maranhão. E não, não é sequer pelo bem dos maranhenses, que não conseguem deixar de votar na desgraça da Dinastia do Bigode. Sarney usa dos poderes dos ministérios que adonou para benefício apenas da perpetuação de sua Dinastia. Foi por isso que emplacou o comunista de Rolex Flávio Dino como presidente da Embratur. Ah, vá!... O meu querido internauta pensava que o cargo era indicação do PCdoB? Não. Dono do feudo do Ministério do Turismo, na Embratur entrou quem Sarney quis. Outra negociata. Sarney trabalhou as marionetes para que Flávio Dino, com o seu apoio declarado - já foi assim em 2008, sujeito oculto - seja candidato a prefeito de São Luís, com o total compromisso de que não seja, Dino, candidato ao governo do Maranhão, em 2014. O lugar, dessa vez, é de Edison Lobão, o ministro de Sarney que comanda o feudo das Minas e Energia. Sim. Este post é um spoiler. Podem guardar para conferir daqui a pouco.

CorruPTópolis, estepaiz que o PT erigiu no lugar do Brasil, inteiro, paga para que Sarney perpetue, nas terras maranhenses, a Dinastia do Bigode. Manda quem pode. Obedece quem não tem um mínimo sequer de moral. Sem moral, quem há de esperar por vergonha na cara? 

Arquivo:


1 comentário:

  1. Mercia Maria Almeida Neves16/09/11, 15:26

    Dr.é muita imaginação,de lá para cá de cá para lá, é tanta roubalheira, é tanta corrupção!
    Com uma dinastia dessas, onde até àquele que se diz dono da nação,àquele do dedo tirado, do nordeste acabado,do povo carente, da viúva valente,da criança sem dente,o capeta em forma de gente, se rendeu, se juntou ...Não tem pra ningém mais não! o que fazer em meio a esta situação? Votar ,mudar, chorar, se omitir,se esconder,ou talvez bradar?
    O senhor, por favor nos mostre uma solução,pois aí está um problema de pura falta de razão,que nem logística,matemática ou outra grande ciência, dá um pouco de esperança,um pouco de acalanto em meu coração.
    Com fé não se brinca não! Ele engana os maranhenses e compra O RESTO da nação.

    ResponderEliminar