quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A MORTE BATE À SUA PORTA...BASTA NÃO ATENDER!




As pessoas são tão dramáticas e cheias de não me toques... Deram pra dizer que eu devia falar sobre coisas sérias e importantes, coisas mais definitivas. Bom, eu tentei. Vi um amiga na praça (aqui no interior, a praça é o ponto de encontro), cumprimentei ao longe e fomos chegando perto, nos aproximando. Quando estávamos bem perto disse na “lata”: "Vou morrer"!

Ela ficou chocada, os olhos se encheram de lágimas, começou a guagejar e dizer coisas incoerentes e tembém que sentia muito e bla bla bla. Eu disse que ela não precisava ficar assim, isso é normal, acontece  e um monte de coisas. Ela se disse admirada pela minha coragem e serenidade, se fosse ela que soubesse que ia morrer não estaria tão tranquila, etc.

"Como assim, não sabe que vai morrer, você é algum tipo de imortal, assim como nos filmes"?
"Não é isso, eu quero dizer assim como você que sabe que vai morrer."
Fiquei confuso.
"Você não sabia que ia morrer um dia"?
Ela pareceu ter ficado mais confusa ainda, mas lá no fundo dos seus olhos parecia haver um brilho de compreensão.
“Denilson?”
“Fala”
“Você pode me dizer sério uma coisa?”
“Claro", respondi calmamente.
“Não está jurado de morte, está? “
“Bom, até onde sei, pode ser que o Sombra apareça de repente, mas eu acho que não.”
“Não pensa em se matar?”
“Claro que não, que idéia maluca!”
“Você não tem nenhuma doença grave, tem?”
“Bom, parece que na medida do possivel até que estou bem e faz pouco fiz exames, o médico disse que estava tudo bem.”
Ela apertou os olhos com a raiva começando a crescer, daquelas que explodem e voam estilhaços por toda parte.
“Seu filho de uma puta, não me diga que não está morrendo...”
"Bom, se você for olhar pelo lado da  biologia....
“Miserável, idiota e estúpido, eu quero é saber se você vai morrer em pouco tempo!!”
“EU? Credo, espero que não, pretendo ainda viver muito. Que ideia besta essa a sua.”
Ela apontou o dedo, quase furando meu olho e escandiu as palavras:
“Pois espero que morra logo, isso é coisa que se faça.” Disse, virando as costas e saindo em marcha acelerada, pisando forte e bufando como uma locomotiva. Ainda reparei por um segundo em seu traseiro (coisa de homem) antes de pensar, confuso.
“Putz, que menina doida.”

Balancei a cabeça e resolvi deixar de uma vez por todas assuntos tão transcendentais, importantes e definitivos pra lá. Cada vez entendo menos as pessoas e cada vez minhas amizades diminuem mais....

Denilson Cicote é o @deci_cote, que fala de "humor e política na medida certa e às vezes na medida errada, já que o homem é a medida de todas as coisas." 

Arquivo:

7 comentários:

  1. É, amigo, essa é nossa única certeza nessa vida, já que não fizemos acordo especial com o criador. Cabe a nós, honrar a vida que temos e agradecer que ela seja do tamanho ideal, que não seja antecipada ou longa em excesso, até deixarmos a dignidade no caminho. Bjs, Blue

    ResponderEliminar
  2. Marcia Neiva17/11/11, 15:12

    KKKKK! Adorei! Grande texto, super bem humorado e, sutilmente profundo...
    Vc é adorável!

    ResponderEliminar
  3. Blue e Marcia


    Foi o Memento mori, lembra-te, morrerás, que me deu vontade de escrever. Agradeço a vocês pelos comentários que são sempre um complemento do texto.

    ResponderEliminar
  4. Denilson é um homem de sorte, afinal, se fosse eu a tal amiga... (rs)

    ResponderEliminar
  5. Nossa! Que delicia de texto. Eu e minha esposa rimos demais! Um barato! Parabéns (de novo!) ao Denilson. Velvet, é um prazer passar aqui e encontrar com autores tão especias: você, o Denilson, a Marcia, o BSchopenhauer. O blog está de parabéns.

    Abraços sempre afetuosos.

    Fábio e Lu.

    ResponderEliminar
  6. Boa noite gente querida.

    Tenho um orgulho danado de receber elogio de vocês, e da Regina ter acolhido esse humilde escriba, deixar eu colocar aqui minhas mal digitadas linhas.
    Meu leque de amigos diminui a cada besteira marcinha, e obrigado Fabio e Lu, o casal20 pélas palavras. Agradeço todos em meu nome e em nome dos outros componentes da formula deste veneno deliciosos e tão bom.

    ResponderEliminar
  7. Ou seja, o denilson gosta de viver perigosamente...(rs)

    ResponderEliminar