quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

TRAGÉDIAS, DESGOVERNO E O MÉTODO DO MATADOURO

"Previsão para daqui a um ano: chuvas torrenciais, pessoas morando em área de risco, deslizamentos, mortes, politicalha demagógica." (BSchopenhauer, 14 de janeiro de 2011)



As tragédias chuvosas decorrem de culpas de governos incompetentes, políticos criminosos, eleitores imbecis, povo covarde. A sociedade deveria desfraldar bandeira pela mudança de datas das eleições municipais, estaduais e federais: para o mês de janeiro, quando chove. A combinação tragédias chuvosas e eleições faria muito bem ao Brasil desgraçado.

O desgoverno da Idade das Trevas descobriu que, nestepaiz, desgraça pouca é bobagem. O sortilégio é fazer o povo acostumar com o sofrimento. Povo que sofre todos os dias, indo para o matadouro, bovinamente, internaliza o sofrimento como um dado da natureza, dia após dia. Resigna-se à condição de povo que sofre bovinamente. Povo que sofre bovinamente carece de paradigma que lhe permita comparar suas desgraças atuais com a falta delas. Sente-as no presente eterno. Povo que sofre bovinamente unido jamais será vencedor. Cabe-lhe ser adestrado, tangido, sacrificado pelo desgoverno da Idade das Trevas.

Conclusão: a grande obra do desgoverno da Idade das Trevas é o povo que sofre bovinamente, sem consciência de que sofre. É o povo que sente necessidade de sofrer hoje, para purgar o sofrimento de ontem. Povo que sofre bovinamente, sem consciência, espera que o sofrimento de hoje iniba o de amanhã.

O desgoverno da Idade das Trevas que se propaga realizador de todo o bem é causador de todo o mal. Comemora a própria incompetência em evitar tragédias chuvosas e a morte de brasileiros, pois fez sumir do noticiário as consultorias mal explicadas de Pimentel. Nunca antes na história destepaiz, a incompetência do desgoverno foi tratada com tanta genuflexão voluntária da oposição e da imprensa. E está chegando o carnaval! Logo, as tragédias chuvosas de incompetência do desgoverno da Idade das Trevas será esquecida. 

A miséria segue inerte. 

Arquivo:

6 comentários:

  1. Sinto muita pena desse nosso povo sofrido, mas confesso-me impotente para mudar o sistema demagogo e corrupto, esse estado de coisas ruins que se instalou como um câncer no nosso país ....
    E pensar que vamos ter que aturar essa corja por mais alguns anos, até que o povo acorde do estado de embriaguez consumista em que se encontra ....
    Durma-se com um barulho desses !!
    @BobWebBB

    ResponderEliminar
  2. Cada povo tem o governante que merece...
    Nenhum político chega ao cargo sem o voto e o que acontece hoje no país é reflexo de eleições passadas, portanto não tenho pena alguma do povo.

    ResponderEliminar
  3. Excelente texto, caro BS. Podes desde logo agendar a sua (re)publicação para janeiro de 2013. Estará atualíssimo...

    ResponderEliminar
  4. Impressionante como o glorioso Nostradamus ficaria desempregado neçepaiz. Meu neto poderia dizer isso em sua santa ingenuidade.
    Graças ao bom Tupã nosso pensador o fez com sua genialidade de sempre.

    ResponderEliminar
  5. BS, Irretocável o texto, especialmente na parte que diz:
    Eleitores Imbecís ! Sim, o eleitor com toda a sua debilidade mental tem uma carga IMENSA de responsabilidade nessa irresponsabilidade toda.

    Lunarscape.

    ResponderEliminar
  6. Crítica que sugere solução, gosto disso. No entanto, acho que o texto é condescendente com o governo atual, ao chamá-lo de governo da Idade das Trevas, pois no medievo, excetuando as atrocidades cometidas, contra a vida, ciência etc. Foi uma época que muito produziu no que se refere as artes, música, arquitetura, filosofia , já nestepaiz, isso não acontece!

    ResponderEliminar