terça-feira, 20 de março de 2012

OPINIÃO: COMO FECHAR A PORTA DA CORRUPÇÃO



No sábado, 17, estive no 2º Congresso contra a Corrupção com excelentes palestrantes onde todos chegaram à conclusão que do jeito que está não dá para continuar.

Esperava que todos dessem saídas que mudassem este status quo mas o que vi esbarra sempre nos parlamentares e no Judiciário que não estão nem um pouco a fim de mudar as regras do jogo.

O Projeto Ficha Limpa passou anos recolhendo assinaturas, entrou para a votação, virou lei e foi parar no Judiciário para aprovar a constitucionalidade da lei valendo a partir deste pleito de 2012. E já vemos partidos buscando mudar a regra pois muitos candidatos a prefeito ou vereador estão impossibilitados por estarem com a ficha suja. Se forem atendidos teremos mais uma lei que abre brechas para voltarmos ao ponto de partida e seremos nós eleitores obrigados a pesquisar cada candidato e seu prontuário.
Pedimos cadeia aos corruptos e corruptores que nunca serão condenados já que tem a seu favor importantes escritórios de advocacia recorrendo com liminares, recursos até o crime prescrever. 

Bloqueio de bens imediato dos corruptos e corruptores, de parentes e testas de ferro que cubram o valor do desvio assim que são descobertos pelo crime de lesa pátria deveria ser o primeiro passo a penalizá-los e, enquanto as provas da inocência não forem satisfatórias não poderão sair do país e teriam prisão domiciliar com pulseira eletrônica e toda a sua sobrevivência bancada por eles. O valor ficaria depositado em juízo até o fim do processo e, com certeza, liminares e recursos deixariam de ser armas fatais para a prescrição. Enquanto não doer no bolso corruptos e corruptores não terão fim.

Gostaria que neste novo Código Penal esta sugestão acima estivesse na pauta porque as redes estão fazendo a sua parte que é espalhar a verdade dos fatos mas, se não houver uma posição firme dos parlamentares e juízes, imbuidos para o nascimento de uma pátria mais decente, mais transparente e menos propensa a desvios que nos envergonham continuaremos a não atingir os objetivos éticos tão necessários na vida política do Brasil.

A Constituição de qualquer país foi feita para homens de bem, com deveres e direitos e não para proteger Homens de BENS. O Judiciário é uma instituição que deve julgar aos olhos da Justiça e não para os olhos dos poderosos.

Penso que chegou o momento de rever a Constituição de 1988 que ocorreu logo após o término de um regime para início de outro contendo ranços que não permitem ao Brasil se desenvolver como Democracia Plena. Nesta revisão seria primordial que fosse constituído um colegiado diferente do já existente que em nada contribui para acabar com as anomalias legais mas imorais nas regulamentações dos 3 Poderes, que permitem o crescimento descontrolado da dívida pública que é paga por todos nós e sem nenhum mecanismo eficaz de punibilidade dos desvios descabidos e incontroláveis hoje existentes.

Não somos uma pátria que facilita a vida do povo e sim uma pátria que cria dificuldades para que desistamos nos meio do caminho enquanto para os Três Poderes tudo corre fácil e ligeiro.

Algo tem que ser feito e com a máxima urgência porque a verdade dos fatos chega aos borbotões sem nos dar tempo de compreensão, reflexão e ação!!

Marisa Cruz, "administradora da própria alma", é ativista digital da alma que administra.

20 comentários:

  1. É, Marisa... faz tempo que a corrupção se tornou método para chegar e se manter no poder. Entendo bem o que sente. Que pena que tal sentimento seja parte das nossas vidas, porque a corrupção é.

    Apenas discordo de você num único aspecto: sobre a "brecha" na lei da Ficha Limpa que seria volta ao ponto de partida, obrigando o eleitor a escolher conscientemente. É exatamente por isso que nunca engoli essa lei (além de sua inconstitucionalidade, que não vou discutir agora, todos os bons especialistas já deixaram isso bem claro). Nesse ponto nós desejamos coisas opostas: a lei dá ao estado a responsabilidade que deveria, por honra e consciência, ser do eleitor. Não acho que o eleitor ser obrigado a pesquisar sobre a ficha limpa de seu candidato seja ruim. Ao contrário. Se este eleitor fosse a maioria, ninguém jamais teria tido a ideia burocrática de mais uma lei morta. Que para nada servirá. Lei nenhuma prevê se o sujeito eleito cometerá atos de corrupção.

    Para finalizar, creio que apenas a aproximação do eleitor de todas as etapas do processo político é que seja salutar para a Democracia. Excluí-lo, deixando que tribunais decidam por ele, é ir na contramão da evolução da civilização. Mas, enfim.... estamos falando destepaiz. E não mais do que já foi, um dia, o Brasil.

    Você não perde a capacidade de se indignar. Isso é fundamental, Marisa!

    ResponderEliminar
  2. A corrupção é um mal que existe no mundo todo. Um cancer que corroi os cofres públicos de países ricos e pobres. A diferença é que por aí, quando pegam da cadeia, retomada de bens, confisco de propriedades e, em alguns casos, amputações de mãos e outros orgãos. aqui dá prêmios co cargos e choros em redes de TV. Excelente texto Marisa.

    ResponderEliminar
  3. QUERIDA REGINA

    VEJA QUE COISA, ESCREVI O TEXTO NO DOMINGO À TARDE E À NOITE O FANTÁSTICO DEU-NOS DE PRESENTE MAIS UMA VERGONHA NACIONAL ONDE QUADRILHAS PERFEITAMENTE MONTADAS JUNTO AOS ORGÃOS PÚBLICOS, SERVIDORES QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELO PROCESSO DE PLANEJAMENTO, DE LICITAÇÕES DE QUAISQUER COMPRAS (DE UMA AGULHA A UM CAÇA) TORRAM NOSSO DINHEIRO SEM A MÍNIMA CONSCIÊNCIA PATRIOTICA, COM ALTO GRAU DE VULNERABILIDADE AO MAU FEITO E GANÂNCIA EXACERBADA.
    PARECE QUE A CORRUPÇÃO NÃO ESTÁ APENAS NOS POLÍTICOS E NOS PODERES FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL MAS NAS FACILIDAdES QUE A MÁQUNA ADMINISTRATIVA, SEM PATRÃO, PROPORCIONA DA MAIS BAIXA ATÉ A MAIS ALTA ESCALA DO PODER.
    SOBRE O FICHA LIMPA, VOCÊ TEM RAZÃO: NÃO SERIA NECESSÁRIO LEI PARA TER DECÊNCIA E HONESTIDADE MAS ESTAMOS TÃO DISTANTES DO SIGNIFICADO DA PALAVRA CIDADÃO PLENO E PATRIOTA QUE ESPERO QUE AS BRECHAS DA LEI POSSAM PRODUZIR ELEITORES QUE NÃO MAIS FARÃO DA ELEIÇÃO APENAS UM CONVESCOTE(?) OBRIGATÓRIO.

    Marisa Cruz

    ResponderEliminar
  4. TEMOS QUE PARABENIZAR A EQUIPE DO FANTÁSTICO PELA BRILHANTE REPORTAGEM SOBRE O ESCÂNDALO DAS LICITAÇÕES NA SAÚDE. BRASILEIROS E BRASILEIRAS! VAMOS AJUDAR O SENADOR ALVARO DIAS A COMBATER A CORRUPÇÃO NESTE PAÍS. QUEM SABE ESTE PODE SER UM JEITO DE FACHARMOS AS PORTAS DA CORRUPÇÃO.

    ResponderEliminar
  5. Querida e admirada Marisa, seu texto é perfeito como sua luta e dedicação a cidadania neste país! Lua luta cotidiana nos motiva a ir mais longe. Meus respeitos. Na real eu acrescentaria apenas alguns pequenos complementos se me permitir. Os menores infratores tem e devem ser punidos em qualquer idade e com ao rigor do crime cometido, principalmente os contumazes. Nosso país não tem exemplos bons, dignos e positivos. As leis são desmoralizadas por quem as deveria usar em defesa do cidadão de bem, a Justiça que se vendeu! Os políticos não alterar situações onde se beneficiam, contra ele mesmo. Resta então a Imprensa seria as redes sociais e a boa parte da sociedade organizada ainda decente e pura deste país ir em busca destas soluções. Tirar de mãos sujas este maravilhoso e pujante Brasil! Parabéns por sua luta. Excelente texto.
    Ricardo Martins

    ResponderEliminar
  6. Perfeito, Marisa, tanto no texto quanto na réplica à Regina, respeitando integralmente a opinião contrária à minha.
    Penso como vc, que o cidadão não pode ter (ainda) a carga completa da responsabilidade do voto, vez que é tolhido em seus bens maiores: a cultura e a informação de qualidade!
    Neste contexto perverso, em que o cidadão comum não consegue se defender sozinho pela educação de qualidade, há de se ter meios legais de extirpação de aproveitadores e inescrupulosos, o que é escopo da elogiável Lei da Ficha Limpa, que veio preencher um pouco dessa lacuna que existia entre o cidadão desinformado e o político que se locupleta.
    Quanto à corrupção propriamente dita, tema, há de se criar uma nova palavra para expressar nossos sentimentos, porque a palavra "indignação" já não é mais suficiente.
    Indico a leitura de um artigo que escrevi há algum tempo sobre essa palavra: http://bit.ly/e1tujz
    Beijos, parabéns e conte sempre comigo nesse coro de indignação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De fato, Valcir, pensamos bem o oposto. Na verdade, peço licença para ser eu mesma, com meu jeito contundente de me expressar. Então, afirmo que mais que não concordar, eu não admito a tutela do estado sobre a capacidade dos indivíduos. Enquanto persistir, na tal "sociedade civil organizada" (outra expressão que, por oriunda da novilíngua padrão comunista, não engulo de jeito nenhum) a aceitação de que somos incapazes, mais gerações de incapazes formar-se-ão. Enquanto não cobrarmos dos eleitos que trabalhem para formar capacidade, e não tutelar-nos pela incapacidade, nunca atingiremos o grau de civilização que as democracias maduras têm.

      Resultado? A inutilidade de uma lei coberta de boas intenções, mas nem por isso mais aplicável (e não é, e a história rapidinho provará isso) nem será esquecida. Porque, infelizmente, a babá que nos governa sob o nome de estado, através da ideologia do partido, criará mais leis para não resolver o que não há para ser resolvido através das leis.

      Esse não é meu conceito de cidadania. Para mim, cidadão é o que cumpre seus deveres, todos, e beneficia-se de seus direitos, aqueles que são legítimos porque foram conquistados, e não dados pelo estado à custa do trabalho de poucos. Defendo: a cada um por sua capacidade, e não por sua necessidade, conforme pregou Marx.

      Não tem jeito. Não tenho um só pedacinho de socialismo em mim.... rsrsrsrs Estado social para mim é uma empulhação alimentada por cadáveres.

      Uma das maiores qualidades dos textos que a Marisa envia para o Veneno Veludo é, exatamente, propiciar o debate. De saída, já há controvérsia, e isso é saudável: o debate das ideias distintas fortalece a democracia.

      Eliminar
  7. Parlamentares que aqui na rede interagem,já estiveram envolvidos em corrupção.Vejo muita gente que se diz lutar contra corrupção ,rasgando Sêda,e sendo até certo ponto "puxa saco" pesquise a vida pregressa deles ,algumas raríssima exceção existem.Falam de ética mas o que vejo,não é uma questão de ética e sim anti patia por este ou aquele Partido.Muitos me me consideram inimigo ,porque abro o verbo independente de Partidos.As vezes temos que rasgar a própria carne,quando um câncer aparece.Temos muito ainda que avançar no combate a corrupção e ela, ás vezes está dentro de casa.Bom Artigo amiga Marisa, conheço sua imparcialidade e seriedade nesta luta.
    Um mal que não inflama apenas Político,é um desvio social que virou cultura neste País.

    ResponderEliminar
  8. O MP TORCE A MINHA DENÚNCIA, O JUIZ(A) NÃO LÊ O PROCESSO ,O "POBRE"(TRABALHADOR,HOMEM DE BEM) ,ACABA SENDO CONDENADO!!!
    POR ISSO EU SOU FÃ DA MARISAS CRUZ,ELA É SINCERA ,VERDADEIRA ,POLITIZADA ...

    ResponderEliminar
  9. Lelezinha_09 (Zinha)20/03/12, 21:49

    Texto completo,amiga Marisa.
    Creio que todos nós teríamos milhões de coisas a acrescentar para engrossar o time dos desiludidos,tantas são as falcatruas cometidas!
    Mas prefiro ficar numa frase sua que é a síntese do que deveria ser o país perfeito,sem necessidade da tal "Ficha Limpa"
    É a que vc diz: "A Constituição de qualquer país foi feita para homens de bem, com deveres e direitos e não para proteger Homens de BENS"
    Houvesse uma Constituição mais "enxuta" e não uma colcha de retalhos, e Homens de Bem, nós seríamos um país normal... (ou como gostam de dizer,um país de 1º mundo!)

    ResponderEliminar
  10. caros amigos sempre fui radical em relação a politica e politicos ,nosso pais vive o a margem das leis ,podemos ser um só povo mas nós como cidadãos temos que melhorar e muito para chegar ao nivel democratico de um pais decente.
    existe os égos ,os partidarios e os que nem querem ouvir sobre politica e outros estados que ainda são boi de curral ,votando em canalhas e lixos politicos não existe leis que sobreviva quando o povo não quer que elas viguem ,tem muita gente mamando nesta teta .
    reforma politica ,e reforma fiscal entre outras fica só na baléla do pseudos-politicos ,ficha limpa esta mais para puleiro de galinha caipira .

    ResponderEliminar
  11. Mariza, parabéns pelo texto, vc e a Regina, cada uma com suas convicções, engrandecem nossa luta. Na verdade infelizmente a corrupção é endêmica nesse país, o que o Fantástico denunciou, estamos cansados de saber, imagine se fiscalizarem todas as Prefeituras? Agora, o incentivo maior para este esado de coisas é a sensação de impunidade, ora, se o Governador rouba, se o Senador rouba, se os Prefeitos, Deputados, Senadores roubam e não acontece nada, por que não roubarei? Esse é o pensamento dos corruptos. Agora mesmo o Judiciário sofre novo golpe, juízes, procuradores, advogados, funcionário do tribunal de Justiça envolvidos em venda de sentenças e outras coisinhas mais, esse é um braço terrível do crime organizado que nos deixa a todos revoltados e é em função disso que concordo com vc, precisamos sim de leis mais duras, exemplos de prisão de poderosos para que o povo sinta que vale a pena ser honesto e trabalhador e quem sabe um dia alcançaremos uma cultura politica que permita concordarmos com a Regina completamente. Vocês são duas guerreiras que nos enchem de orgulho.

    ResponderEliminar
  12. Sem a intenção nem a pretensão de transformar esse excelente debate em pequeno bate-bocas, percebo, Regina, que é minha deficiência na escrita o que pode ter gerado uma compreensão equivocada de sua parte acerca do que penso.

    Não defendo o Estado tutelador, menos ainda a falta de liberdade do cidadão. Muito pelo contrário, defendo exatamente o oposto disso, sendo radicalmente contra a todo o tipo de assistencialismo e populismo, plataformas utilizadas pelos déspotas.

    Discordo de você apenas no ponto da inutilidade de uma Lei que veio conceder isonomia para uma fato que, de tão lógico, era inaceitável que ainda acontecesse: o servidor público ter que ser idôneo para a assunção de seu cargo concursado e o político não. Essa foi a distorção que a Lei da Ficha Limpa veio sanar.

    E tenho como premissa que a cidadania só existe através do cumprimento dos deveres e em exigir seus direitos. Sou um dos que age assim no dia-a-dia.
    No que terei que discordar novamente é de sua comparação de nosso país com civilizações milenares, que atravessaram crises enormes e que se alavancaram através da educação, mas não antes de sangrentas guerras e revoluções. São o que são hoje por conta de sacrifícios imensos ao longo de suas histórias, e que hoje gozam do direito de serem justas e cidadãs.

    Sei que chegaremos lá, mas sei que por muito haveremos de passar ainda. Até lá, há de haver proteção dos que são colocados à margem do conhecimento de forma propositada, para serem usados como massa de manobra de intensões escusas.

    Afora esses pequenos detalhes, concordamos em todo o resto! (rsrs)

    E, agora, torcendo que mais bem escrito, possa eu ter sido mais claro em relação à minha posição e de minha admiração por você.

    Grande abraço a todos esses os que fizeram desse despretensioso texto uma oportunidade de debate tão salutar e engrandecedor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, agora concordo 100%: nós não tivemos guerras para vencer. Por isso, somos um povo sem o cacoete da vitória. Sempre defendi que faltam-nos guerras em nossa história. Forjaram-nos para o coitadismo, disfarçado sob o providencial mito do "brasileiro cordial". Pura estupidez. Sem batalhas reais, não se forma a consciência para vencer as batalhas metafóricas, as de outros campos que não os de sangue e carne, mas de intelecto, virtudes, vontades, opiniões.

      A "indignação" faz discursos lindos! (hoje, tweets lindos) Mas só a ira motiva. Quem quiser, leia isso: Corruptópolis: sob o domínio do mal http://www.venenoveludo.com/2011/08/corruptopolis-sob-o-dominio-do-mal.html

      Eliminar
    2. CAROS E QUERIDOS REGINA E VALCIR

      É GRATIFICANTE PODERMOS DIALOGAR, DEBATER, ARRUMAR A CASA PARA DESCOBRIRMOS QUE SOMOS ATIVISTAS DE UMA ÚNICA BANDEIRA:: DECÊNCIA!!!
      PARABENS AOS DOIS QUE DERAM VIDA AO TEXTO!!!

      BJS

      Marisa Cruz

      Eliminar
  13. Marisa, querida amiga como sempre brilhante e atuante.
    Parabéns e obrigado Regina por publicar !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. QUERIDO AMIGO HORÁCIO

      Grata e espero que esta minha alma ativista que despertou através do TT não desista da Luta pela Decência neste Brasil.

      Bjs Marisa

      Eliminar
  14. opcao_zili21/03/12, 15:12

    Querida Marisa,
    Vc sabe que concordo com muito do que vc escreveu, mesmo porque é visível e revoltante a corrupção em todos os setores.Só discordo da revisão da CF. Ela tem muitos defeitos mas ainda faltam mtos artigos para serem regulamentados.MAS - sempre existe um Mas rss- não concordo com revisão da Constituição com o PT no governo.Eu acredito que essa anarquia reinante é proposital para que peçam a revisão e mudem, totalmente, como aconteceu na Venezuela.Todo o exército totalitário já está a postos nos pontos chaves - executivo, legislativo e judiciário. Se dermos essa brecha, aí sim, tudo estará perdido. Dificultar a vida deles, para que não consigam atingir esse objetivo é nossa missão.E eles estão com pressa porque sabem o quanto essas denúncias estão minando o "pseudo patrimônio político"do partido. O Rei está só de cueca.Cabe a nós, retirarmos a última peça.
    Acredito que o Brasil precisava dessa purgação para deixar de endeusar homens e partidos.O que dizem sobre o ex, beira à aberração.
    Mais uma vez , parabéns a vc e à Regina. Cumprimento os demais pelos excelentes comentários.
    Acrescento ainda que, como a Regina, não aceito tutela.Pai tive um só que já faleceu há 25 anos e me ajudou, mto, a discernir. Bjs a todos.

    ResponderEliminar
  15. Pegando o bonde a quilômetros da estação só tenho a dizer que a corrupção persiste por que a sociedade como um todo assim permite. Os brasileiros não têm nem a "ira santa" nem a "saúde civil" que o poeta um dia cantou. E não têm porque de alguma forma esta geleia real de corrupção,nepotismo e apadrinhamento é conveniente. Somente quando não for é que algo poderá começar a ocorrer...

    ResponderEliminar
  16. Sempre me coloco na dúvida sobre quem é o maior culpado pela nossa corrupção endêmica: O Executivo, que vive se apoiando em bandidos para manter-se forte; o Legislativo, que faz leis frouxas sempre de olho em apadrinhar os amiguinhos que financiam suas campanhas; ou o Judiciário, formado por impolutos e intocáveis bandidos e recusa-se a punir os iguais.
    À vontade num país em que bandidos contam com mais de 30 recursos até que haja a condenação, via de regra caducam antes do julgamento final, os corruptores deitam e rolam diante da passividade dos palhaços pagadores de impostos.

    ResponderEliminar