domingo, 19 de agosto de 2012

É DOMINGO: APENAS A RAZÃO NÃO BASTA


 É esse o segredo da vida dotada de força. Apenas com a inteligência não se pode ser um ser moral, nem fazer política. A razão não basta, as coisas decisivas passam-se para além dela. Os homens que fizeram grandes coisas amaram sempre a música, a poesia, a forma, a disciplina, a religião e a nobreza. Iria mesmo ao ponto de afirmar que só as pessoas que assim procedem conhecem a felicidade! São esses os chamados imponderáveis que dão o cunho próprio ao senhor, ao homem; aquilo que ainda vibra na admiração do povo pelos atores é um resto incompreendido disso. 
Robert Musil, in 'O Homem sem Qualidades'

2 comentários:

  1. Ótimo resgate de Robert Musil. Sem qualidades, não vale a pena ser.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Li esse livro há um bom tempo. Hora de reler, preciso confessar, ando me sentindo como Ulrich. Até vejo em mim todas as qualidades e capacidades privilegiadas por por uma outra época - exceto a de ganhar dinheiro. Mas elas não têm aplicação prática nesses tempos. De forma que tornam-se inúteis...

      Eliminar