domingo, 28 de outubro de 2012

CAI A NOITE


Reconta-me essa história 
De expectativas, saudades, encontros, 
- alegrias 
Dá-me a melhor parte das minhas noites 
- Teu sorriso, no bom dia.

Deixa que o meu sangue flua
Em liberdade, sem dor 
Deixa-me dizer-te que 
Meu corpo é teu livro 
E tua história nele ditas 
- Sem temor 
Deixo-te o meu calor. 

 Deixa que eu te conte que o teu sorrir
Importa, para cada um sorriso meu
- apenas por saber que há 
Deixa que eu te conte da minha saudade
- Até que me ordenes a parar.

Sem comentários:

Enviar um comentário