segunda-feira, 11 de março de 2013

CAI A NOITE



O princípio da realidade age 
Une e separa 
O princípio da verdade responde 
O desejo à vontade 
Contra a vontade - separa - E une 
O princípio da realidade retorna 
Transforma 
Do que cala o silêncio 
Do que fala a saudade - a constância
Do que faz na memória da pele 
A tua lembrança.

O princípio da realidade responde
Reúne, e renasce
O princípio da verdade age
O reencontro desejado
Da espera, revive
O princípio da verdade nos toma
Deseja
Do que faz-nos avançar - ao outro
Pelo fogo que retorna, destemido
Em nossa pele, externada
O repouso que substitui
- O cansaço.

Volta, logo. Em teus braços me instalas
Como a uma criança perfeita
E de mim afastas a tua ausência
Em carne satisfeita, ardente, 
- e refeita.

Sem comentários:

Enviar um comentário