quinta-feira, 25 de setembro de 2014

O NEGÓCIO É MARINAR


Após o Bom Dia Brasil brindar-nos com a entrevista Mel na Chupeta de Marina Silva, em que ela declarou abertamente que fará um governo todo baseado no decreto chavista de Dilma que, na prática, destitui o Congresso Nacional de suas funções e dá a figuras escolhidas apenas pela Presidência da República o poder de legislar (e que nem isso foi capaz de causar alguma reação indignada nos entrevistadores que a protegem de diversas formas) meu alter-ego decidiu marinar. Serão 10 dias declarando as mesmas verdades sempre ditas sobre ela, mas agora essas verdades serão as razões para votar nessa pura criatura que traz para as eleições o frescor da mata, o vigor da Nova Política e as bases sólidas da sua carreira determinadas pela ética e moral firmemente moldadas no PT do Lula, do José Dirceu, do Delúbio Soares, da Dilma Rousseff. 

A ideia sonhática de uma Reforma Tributária pronta em um mês estabelecida por um "conselho popular" arrepia e emociona a todos os que tem um coração puro. Emoção é tudo, gente! Anseio por um conselho formado por militantes de ONGs com agenda anti-desenvolvimentista, antropólogos louros de olhos azuis que não trabalham e vivem de bolsa-mestrado, eternamente estudando em universidades públicas através de cotas para índios, invasores de propriedade como os militantes do MST que Marina apoia. Claro que não se pode esquecer que de tal conselho farão parte os artistas fracassados que ela garantiu sustentar, dos coletivos de mídia ninja e dos black blocs tão engajados "enquanto povo nas ruas". Ah, também, claro, não deixará de contar, Conselho Popular nenhum, com os pastores do partido fundamentalista que Marina deu sinal verde para seu aliado criar. 

Pois bem, é essa gente acima citada a sociedade democrática do seu "governo direto", que consta no seu programa. Essa gente que decidirá, como dito na entrevista estupenda, pela Reforma TRIBUTÁRIA EM UM MÊS somente, e que incidirá sobre todos nós, os que produzem, pagam esses impostos que sustentam os gastos públicos e com o que sobra, tentam manter as suas famílias. É irresistível a solidez concreta de uma proposta de governo dessas.  Como não marinar, portanto?

Ainda nem falei sobre a esperteza de alegar que Aécio Neves, o único que é oposição ao PT, não tem programa de governo (que ela própria copiou no dela) e mesmo assim usar as ideias desse plano "inexistente" declarando exatamente que fará na economia o mesmo que Aécio, há meses, diz que fará. Essa é outra conversa, mas que está aqui, quem quiser conferir já. O que conta é que, torno a dizer, a partir de hoje, não haverá mais críticas sobre as verdades necessárias ditas sobre a Elfa Ungid ops, desculpe, a única candidata que é a esperança de moralidade e competência e desenvolvimento. Serão 10 dias declarando as mesmas verdades, sem tirar nem por, mas como as principais razões para elegê-la presidente de todos os brasileiros, inclusive dos honestos que trabalham duro e que jamais votarão nela.

HEIL! Ops, desculpe. Amém? 

4 comentários:

  1. Realisticamente, é inviável a opção Aécio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lógico que a opção Aécio, principalmente porque defende a meritocracia e o desenvolvimento através de investimento e produtividade, é inviável. Por isso marinei! Pelas mesmas razões por que andam dizendo por aí votar nela.

      Eliminar
  2. Boa tarde Regina,
    Desculpe-me se a contrario :))), mas vou de Aécio 45 nos 2 turnos ....
    Sabe, Marina lembra mar, que lembra Lula .... :)))
    Um grande abraço do seu admirador ....
    @BobWebBB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bob, você tá traindo o movimento. Temos de mostrar a verdade sobre Marina, então vamos falar....rsrs.

      Eliminar