domingo, 12 de dezembro de 2010

DESOPOSIÇÃO


Oposição, do latim oppositìo, ónis, possui, entre suas acepções, força, vontade, tendência contrária, antagonismo. Estruturalmente, oposição implica a coexistência de duas idéias contrapostas, por exemplo: preto x branco; certo x errado; verdade x mentira; vida x morte etc.

Na seara política, não haveria forma outra de compreender o sentido de oposição, salvo a disputa entre, ao menos, a despeito de algum matiz circunstancial, duas forças contrárias implicantes, lógica e estruturalmente, de sinal trocado: certo x errado; mais x menos; vencedores x perdedores; governo x oposição etc. Sobreleva-se quão relevante é, no âmbito político, distinção estrutural e funcional dos termos correlatos implicantes opostos: governo x oposição. Essa construção legitima-se externamente na metaidéia superior de oposição.

Malgrado isso, a partir da idéia consubstanciada na “novilíngua” (Orwell, “1984”), entremostra-se que, no mundo político brasileiro, sempre e precipuamente hoje, busca-se de forma incessante uma reconstrução lingüística, desvinculada lógica e estruturalmente, dos sentidos dos termos governo x oposição. O lugar da legitimação externa é ocupado pela metaidéia “desoposição”.

Com efeito, eis o que se tem, no mundo da política brasileira: governo x oposição substituem-se, com menoscabo da compreensão e da realidade, por desgoverno x desoposição.


(Ilustração: A Chegada do corpo do filho de Brutus, de Jacques-Louis David)

7 comentários:

  1. Ah, se prevalecesse a lógica... quanto mais desgoverno, mais forte e presente deveria ser a oposição.

    Que que é que é que temos? Desoposição...

    ResponderEliminar
  2. Incompreensível a atitude oposicionista do PSDB. Mesmo tímido só existe um opositor nesse país, FHC?
    Fiat Lux.

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, a lógica é destruída ordinarimente neste país.

    ResponderEliminar
  4. marcia190712/12/10, 20:21

    o psdb tirou férias e pelo jeito não tem a mínima vontade de voltar...
    temos q pressionar muito, caso contrário eles ñ se manifestarão.

    ResponderEliminar
  5. Chega até a dar certas "suspeitas"...
    Será q "a tal"oposição tb está bem refestelada no poder?

    Dá p/ se pensar de tudo,não?
    Por que estão tão calados?São coniventes? Têm medo? Rabo preso?
    Afinal,o que está acontecendo?

    Se existe oposição mesmo, o mínimo que se pode dizer dela é que é estupidamente OMISSA!

    ResponderEliminar
  6. Brilhante.
    A falta de discurso da oposição vai acabar perpetuando o atual governo.

    ResponderEliminar
  7. É, tá aí uma consideração bastante interessante (e triste...)

    @mat_leal

    ResponderEliminar