quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

ATÉ TU, CUBA?

"É mais fácil a ditadura cubana cair e a ilha se transformar num tigre caribenho do que o Brasil se tornar um país sério." (BSchopenhauer)

A ditadura comunista de Cuba dá uma de reformista e inicia o processo de demissão em massa que atingirá 1,3 milhão de funcionários públicos nos próximos três anos. Já de cara, 500 mil cargos vão desaparecer. É para adequação do país à economia de mercado, segundo Raúl Castro, o presidente. 

Não é irônico que o ícone governamental dazesquerda destepaiz tome tais medidas enquanto aqui, em terras tupiniquins, o desgoverno da República Popular do Chiqueiro, dando continuidade ao que de melhor fez o anterior, o das Trevas I e II, crie ministérios, secretarias com status de ministério e invente mais empresas estatais, para garantir D.A.S. aos seus apetezados, sindicalistas e penduricalhos (vide disputa do PMDB por mais cargos)?

E a gente paga impostos [R$ 1, 270 trilhão em 2010]. E a gente vota. E a gente elege. E para não variar, ninguém reage. 

Nossa oposição ainda não entendeu que venceu, com 44% do eleitorado, o direito de ser OPOSIÇÃO. Não percebeu o que significa. Nossa oposição é do tipo 8 ou 80. Ou vence uma eleição e governa, ou se entrega à derrota, sem ação. (Velvet)

3 comentários:

  1. De tanto ver nego invocando trechos do hino nacional, me lembrei que tem também "... Iluminado ao sol do novo mundo...".
    Acho que cabe ao caso.

    ResponderEliminar
  2. A oposição, pode trabalhar em duas frentes: a oposição dos representantes, nas Casas, e por oposição dos eleitores. Oposição é sempre compreendida pelos eleitores como obrigação única dos seus representantes eleitos. São dois campos de atuação distintos, mas que se completam. A segunda empurra a primeira. Não é verdadeira a valentia do macho de algumas espécies que o faz parecer corajoso protetor e defensor, mas o sinal/ordem da companheira. Pode ser até um analogia intelectualmente inadequada, mas ilustra bem.

    ResponderEliminar
  3. Princípio único da oposição: opor-se!

    ResponderEliminar